search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

“Você não poder fazer velório", desabafa deputado sobre morte da cunhada

Notícias

Publicidade | Anuncie

Coronavírus

“Você não poder fazer velório", desabafa deputado sobre morte da cunhada


Morreu na madrugada deste sábado (25), a primeira moradora de Santa Maria de Jetibá vítima de coronavírus. Zenidalva Aparecida Corona Majeski, 52 anos, é cunhada do deputado estadual Sergio Majeski.

Zenidalva Aparecida Corona Majeski tinha 52 anos (Foto: Acervo Pessoal)
Zenidalva Aparecida Corona Majeski tinha 52 anos (Foto: Acervo Pessoal)
Dona de um restaurante tradicional em Santa Maria de Jetibá, Zenidalva não resistiu à pneumonia grave que evoluiu por conta da Covid-19. Ela estava internada no Hospital Jayme dos Santos Neves, na Serra e deixa marido, dois filhos e uma cidade em luto.

“Você não poder abraçar e nem consolar seus familiares, não poder fazer velório, acompanhar o sepultamento de longe. Olha, não desejo para o meu pior inimigo o que estou sentindo agora”. Foi em tom de tristeza e desabafo que o deputado estadual Sergio Majeski relatou a morte de sua cunhada.

A família reclama de falha durante o tratamento devido a demora para que ela fosse submetida aos testes de Covid-19, apesar de apresentar os sintomas.

Segundo Majeski, ela começou a sentir os sintomas, como tosse, dor no corpo e dor de cabeça no domingo de Páscoa, dia 12. Mas só fez o exame para coronavírus no dia 19 e só foi internada na madrugada do dia 22.

“Ela passou por três médicos, apresentando sintomas e só o terceiro médico encaminhou para fazer o exame. Não fizeram nem uma radiografia para ver o estado do pulmão dela. Poxa, estamos no meio de uma pandemia! Quando conseguiu internar, o estado dela já era bem crítico”.

Ele e a família estudam se vão buscar a Justiça e questionar oficialmente se houve negligência no atendimento. Segundo Majeski, ela estava se cuidando, usando máscaras e fazendo isolamento. “É muito triste o que está acontecendo. Ela era minha amiga de infância, única namorada do meu irmão. Eles estavam casados há mais de 30 anos, moravam ao lado da casa da minha mãe, que tinha ela como filha. Era uma pessoa querida, cheia de vida. Fisicamente estamos bem, mas espiritualmente e psicologicamente estamos arrasados”. O enterro ocorreu na tarde deste sábado, em Santa Maria de Jetibá.

Apuração rigorosa 

Em nota, a Secretaria de Saúde de Santa Maria de Jetibá informa que sente muito pelo óbito da moradora por Covid 19, confirmado neste sábado e se solidariza com todos os seus familiares  e amigos. E vem esclarecer que está apurando rigorosamente os fatos que envolveram o atendimento da paciente na rede de saúde municipal, considerando os fatos narrados em entrevista à rádio Pomerana pelo cunhado da vítima, o deputado estadual Sérgio Mageski

A secretaria esclarece que adota em seus atendimentos todos os protocolos do Ministério da Saúde e da Secretaria Estadual de Saúde para diagnóstico de casos suspeitos, zelando sempre pelo atendimento humanizado e dentro da melhor técnica médica, para garantir um atendimento seguro a todos que procuram a rede.

Informa que diante dos fatos narrados, será realizado criteriosa análise do prontuário e entrevista com os profissionais de saúde dos serviços de saúde municipal que atenderam a paciente para a análise da aplicação do protocolo de atendimento de casos suspeitos de Covid 19.

Sobre a paciente, ela está na faixa etária de 49 anos a 59 anos e apresentava as seguintes comorbidades: obesidade e doença cardiovascular.

Ela foi notificada como caso suspeito de Covid -19 no município de Santa Teresa no dia 19 de abril, teve agravamento do caso em 21 de abril, sendo atendida novamente em Santa Teresa e encaminhada para a UTI do Hospital Jayme dos Santos Neves, no Município de Serra. Hoje, dia 25 de abril e infelizmente veio a falecer na madrugada.


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados