search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Voar, voar
Painel da Folha de São Paulo

Voar, voar

A definição do nome do vereador Ricardo Nunes (MDB) como vice na chapa de Bruno Covas (PSDB), que busca a reeleição ao cargo de prefeito de SP, envolve, na expectativa dos tucanos, uma articulação ampla que tem a disputa pela Presidência da República no horizonte.
Uma vitória da dupla consolidaria uma aliança que poderá fortalecer a candidatura de João Doria (PSDB) em 2022. O governador almoçou com Covas nesta sexta (11), quando definiram a escolha de Nunes.

Chapas
Pouco depois, Doria recebeu o deputado Baleia Rossi, presidente nacional do MDB, para celebrarem a união. Rossi deverá ser candidato à presidência da Câmara em 2021 e o apoio do PSDB também é considerado importante. Segundo relatos, o ex-presidente Michel Temer trocou telefonemas com o governador paulista.

Pasito
Na visão de aliados de Doria, construir relação com o MDB desde já ajuda a ganhar vantagem sobre eventuais concorrentes ao posto de alternativa a Jair Bolsonaro, como Luciano Huck (que já foi sondado por membros do MDB). Além disso, reduz chances de iniciativas de emedebistas, como Paulo Skaf.

Despacito
Entre emedebistas, a chapa Covas-Nunes foi vista como um feito de Baleia Rossi (a primeira entre PSDB e MDB na história da cidade, destacou o tucano), mas ponderam que 2022 está muito longe ainda. E que Doria, hoje, patina nas intenções de voto.

Visões
Além do MDB, Covas terá o apoio do DEM. Membros do diretório nacional veem a escolha de Nunes como um movimento exclusivamente de Doria olhando 2022. E dizem que a sigla topou ingressar na aliança por razões da política local –o caminho fica aberto para Milton Leite (DEM) angariar votos na Zona Sul, região em que disputava eleitores com Nunes.

Alternativa
Ganhou força no Ministério da Economia a opção de apenas simplificar o ICMS e ISS, proposta que já está no Congresso, em emenda do senador Major Olímpio (PSL-SP), hoje desafeto de Bolsonaro. A medida teria como principal atrativo não ter custos para o governo federal.

Suporte
O governo diz ter o apoio das grandes cidades, como São Paulo, para a iniciativa, pois o texto fixa uma transição para a mudança da arrecadação do ISS da origem para o destino. A alteração já foi aprovada pelo Senado.

Acusação
A Polícia Federal concluiu investigação apontando indícios de que dois dos principais nomes da política nacional, rivais entre si, se uniram em esquema de corrupção. Segundo o inquérito, os ex-presidentes da Câmara Arlindo Chinaglia (PT-SP) e Eduardo Cunha (MDB-RJ) atuaram para cobrar propina da Odebrecht em troca de apoio na área de energia.

Futuro
A afirmação consta em um relatório enviado nesta semana ao Supremo. Agora, a PGR vai decidir se oferece denúncia ou se pede arquivamento. O petista é suspeito de ter cometido os crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro e o emedebista, de corrupção passiva.

Dinheiro
A PF diz que Chinaglia recebeu R$ 8,7 milhões da empreiteira entre setembro de 2008 e outubro de 2014. Ele nega que tenha recebido propina e aponta incongruências nos relatos de delatores. Cunha também nega que tenha feito qualquer acerto a Odebrecht ou intermediado algo.

Procura
A Caixa vai pedir ao Ministério da Economia a ampliação de mais R$ 3 bilhões para operar o Pronampe (linha de crédito com garantia de inadimplência 100% bancada pelo Tesouro). O banco já emprestou quase R$ 10 bi e bateu o limite de operações autorizadas pela equipe econômica. A demanda extra mapeada é de R$ 5 bilhões.

Reforço
O olavista Felipe Cruz Pedri foi nomeado secretário de Comunicação Institucional do governo Jair Bolsonaro ontem.
Nas redes sociais, mostrou que, em relação ao tema das queimadas na Amazônia, deverá adotar a estratégia de Ricardo Salles (Meio Ambiente), de negar a existência do problema.

Mensagem
“Nós temos que salvar a Amazônia sim, da desinformação”, escreveu. Ele foi um dos autores do manifesto de fundação do Aliança pelo Brasil, partido que Bolsonaro tenta criar.

Tiroteio
“Precisamos de abertura comercial e eliminação do custo Brasil. Não existe mágica no curto prazo”
Do deputado federal Tiago Mitraud (Novo-MG) sobre a atuação do governo federal para a redução do preço do arroz
 

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora
esqueceu a senha?

últimas dessa coluna


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Com lupa

A Polícia Federal abriu um inquérito para apurar movimentações financeiras de Frederick Wassef, ex-advogado de Jair e Flávio Bolsonaro. A investigação tem como base documento de inteligência do Coaf …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Esquentai vossos pandeiros

Diante da liderança de Joe Biden na corrida presidencial norte-americana, congressistas dizem esperar que o democrata tenha “grandeza com o Brasil”, em caso de vitória. Jair Bolsonaro é um dos …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Branquinho

O governador João Doria (PSDB-SP) desistiu da ideia de cortar 21% dos recursos do Vivaleite em 2021, revelada pelo Painel, e determinou que o investimento no programa de distribuição de leite para …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

“Allegro ma non troppo”

A queda brusca de Celso Russomanno (Republicanos) mostrada pelo Datafolha não foi celebrada pela campanha de Bruno Covas (PSDB). Ainda que o atual prefeito tenha assumido a ponta, a perda de …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Fogo cruzado

O cancelamento da compra da vacina chinesa por parte de Jair Bolsonaro irritou governadores e secretários estaduais de Saúde e uniu boa parte deles em um mesmo norte: na defesa pela permanência do …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

As eleitas

A revolta de mais de um terço dos candidatos a vereador do PSL em BH não se restringe à capital mineira. Além da ex-mulher de Marcelo Álvaro Antônio, que disputa uma vaga de vereadora e recebeu R$ …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Vista grossa

Do mensalão à Lava a Jato, envolvidos em escândalos de corrupção de grande repercussão não receberam punições de seus partidos. A lista inclui Delcídio do Amaral (PT), José Roberto Arruda (DEM), …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Passa a régua

O desembargador Kassio Nunes tem hoje os votos de que precisa no Senado para se tornar ministro do STF. Levantamento feito pelo Painel com os 81 senadores mostrou que ao menos 44 dizem pretender …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Caldeirão: os casos de André do Rap e de Chico Rodrigues no STF

A inclusão rápida dos casos de André do Rap e de Chico Rodrigues (DEM-RR) na agenda do Supremo aponta que a gestão de Luiz Fux reservará boa parte das sessões do plenário para julgamentos criminais, …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Calendário

A pressão sobre o Ministério da Saúde para firmar o compromisso público de comprar a vacina para coronavírus que ficar pronta antes vai ganhar reforço de senadores e deputados da comissão externa da …


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados