search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Vizinho é ferido em briga por causa de árvore

Notícias

Publicidade | Anuncie

Polícia

Vizinho é ferido em briga por causa de árvore


Um feirante de 73 anos foi ferido pelo vizinho depois de uma discussão por causa da poda de uma árvore, por volta das 9h30 desta sexta-feira (24), no bairro Campo Grande, em Cariacica. A vítima foi ferida no dedo e de raspão na cabeça.

De acordo com o filho do feirante Raphael Peterle, a briga por causa da árvore já acontecia há cerca de quatro meses. "Minha mãe pedia para ele cortar os galhos que caíam no terreno dela e também para ele (o suspeito) segurar os gatos no quintal, mas ele não ouvia", disse o motorista Delair Peterle, de 43 anos.

Discussão por causa da poda de uma árvore aconteceu em Campo Grande, Cariacica (Foto: Antonio Moreira/ AT/ 24/01/2020)
Discussão por causa da poda de uma árvore aconteceu em Campo Grande, Cariacica (Foto: Antonio Moreira/ AT/ 24/01/2020)

Na manhã desta sexta, a mãe de Delair cortou os galhos da goiabeira que caíam no terreno dela, e colocou na frente da casa do vizinho. "Meu pai estava sentado do outro lado da rua quando viu o vizinho jogando os galhos de volta na frente do nosso portão. Ele perguntou o que estava acontecendo e o vizinho sacou uma arma", afirmou Delair.

Segundo o filho da vítima, o suspeito teria disparado quatro vezes, e duas delas teriam atingido o pai de raspão. Foi a própria vítima que, ao pedir socorro, afirmou que tinha sido baleado. No entanto, a equipe de policiais da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa que foi ao local ainda não confirmou se os ferimentos foram provocados por balas ou outro material, como uma faca, por exemplo, já que ninguém na rua ouviu os disparos e que o hospital não confirmou que os ferimentos foram provocados por tiros. O caso segue sendo investigado.


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados