search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Viúvo morre 29 dias após mulher

Notícias

Publicidade | Anuncie

Coronavírus

Viúvo morre 29 dias após mulher


Uma união de quase 61 anos, pautada em respeito, amor e companheirismo, foi interrompida pelo novo coronavírus (Covid-19). Na madrugada da última segunda-feira, 29 dias após a morte da mulher, a dona de casa Maredy Carneiro de Freitas, de 88 anos, o coração do mecânico José Carlos de Freitas, de 81 anos, parou de bater.

Ele estava internado no Hospital Evangélico de Vila Velha desde o dia 28 de março, onde chegou com muita tosse e febre alta. Dias depois, teve o diagnóstico de Covid-19 confirmado.

José Carlos chegou a receber alta da Unidade de Terapia Intensiva (UTI), deixando a família esperançosa pela sua recuperação, mas isso não ocorreu. Ele partiu sem saber da morte da companheira.

À reportagem, o filho do casal, o aposentado Leoncio Carneiro de Freitas, 59, disse: “Nosso eterno guerreiro combateu o bom combate e, finalmente, confiante, aceitou o convite do Rei. Está agora a caminho do Reino de Deus”.

A dona de casa Maredy Carneiro de Freitas e o mecânico José Carlos de Freitas (Foto: Acervo de família)
A dona de casa Maredy Carneiro de Freitas e o mecânico José Carlos de Freitas (Foto: Acervo de família)

Segundo ele, o laudo informa que a morte foi por pneumonia viral, porém, a Covid-19 deixou a sequela de fibrose pulmonar e reincidência da pneumonia.

Já a dona de casa chegou a ser consultada, mas retornou para casa. Só que o seu quadro piorou e, no dia 3 de abril, ela foi levada para o mesmo hospital, seguindo logo para o isolamento. Ela era hipertensa e tinha problema pulmonar.

Seu marido, contudo, era saudável e nunca tomou medicamentos.

Embora não tenha certeza de como o casal teve contato com o vírus, o filho suspeita que o pai tenha sido contaminado em sua própria oficina, entre os dias 12 e 15 de março, antes da determinação de fechamento do comércio.

Maredy nasceu em São Mateus e o mecânico é de Alagoas. O casal teve três filhos, sete netos, dois bisnetos, além de mais dois a caminho.


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados