search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Vinde a mim
Painel da Folha de São Paulo

Vinde a mim

Do nome ao manifesto, a identidade do novo partido de Jair Bolsonaro foi concebida para mesclar temas do militarismo com os de religião, num aceno ao que o Presidente vê como bases prioritárias.

O termo “aliança”, de Aliança pelo Brasil, remete não só a acordos estratégicos, como também à união com Deus. Verde, amarelo e azul vão predominar nas plataformas de divulgação da legenda. E o clã não pretende colher aliados apenas no PSL. A ideia é abrir portas a dissidentes de outras siglas.

Audácia
Aliados do Presidente, inclusive o filho Eduardo, o 03, propagaram nos últimos dias que o objetivo da legenda é superar o número de deputados que o PFL (hoje DEM) conseguiu eleger em 1998: 106.

Ninguém tasca
A intenção de atrair quadros de outras siglas, porém, pode acabar ampliando a irritação de partidos de centro-direita com o governo.

Regressiva
Manifesto que apresenta o novo partido foi lido por Bolsonaro em reunião com deputados ontem. O texto será usado para apresentar o site da nova sigla. A plataforma deve ser lançada semana que vem.

Pescador de homens
Bolsonaro começou a sondar ministros do Tribunal Superior Eleitoral sobre a viabilidade da tese que prevê a repartição do Fundo Partidário do PSL caso ele consiga puxar mais da metade da bancada para sua nova agremiação. Relatou a aliados um aceno positivo.

Meia palavra basta
Ao citar Sergio Moro (Justiça) como possível vice em 2022, o Presidente sacramentou o entendimento de que o ministro não será indicado por ele ao STF.

Deve, não negue
Líderes de centro e centro-direita avisaram ao ministro Luiz Eduardo Ramos (Secretaria de Governo), ontem, que vão obstruir as votações na Câmara até que o Planalto pague todas as emendas prometidas durante as negociações da reforma da Previdência.

Soem as trombetas
O ânimo dos deputados com o ministro que toca a articulação política não está em sua melhor fase. Os principais nomes do chamado Centrão foram informados de que Ramos se refere a eles como “os cavaleiros do apocalipse”.

Missão internacional
Governadores do Nordeste organizam um giro pela Europa para buscar investimentos e apresentar o consórcio da região montado por eles.

Sua turma
Aliados do ex-presidente Lula vão aconselhar o petista a procurar, o mais rápido possível, caciques de partidos de centro que não se identificaram com o bolsonarismo. Nomes do MDB, do PL e do PP estão na lista.

Sua turma II
Para esse grupo, o petista precisa se “concentrar na política”, já que haveria um vácuo de diálogo no País. A avaliação é a de que Lula deveria buscar “um a um” todos os caciques partidários que “não têm laços orgânicos com o mercado financeiro”.

Tentáculos
Deputados e senadores que têm agenda muito conectada à de investidores, dizem os aliados de Lula, seriam os mais reticentes a abrir conversas com o PT. Mas, descartada essa ala, acreditam, há espaço para reabilitar pontes com o centro.

Tirem as crianças...
Diante dos fracassos dos leilões do pré-sal, Lucas Rocha Furtado, subprocurador-geral do Ministério Público de Contas, fez representação solicitando que o TCU acompanhe as discussões no governo de mudança no regime de partilha. Quer “afastar o risco de incertezas” nas próximas negociações.

...da sala
Furtado sugere ainda que o TCU crie um grupo de trabalho para estudar alternativas ao regime atual.

Caminho do meio
O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), pediu a aliados que redigissem propostas alternativas à que hoje é debatida na Câmara para reabilitar a prisão em segunda instância.

Sobe
Uma das teses estabelece tribunais regionais federais como o marco legal para o trânsito em julgado, mas na prática delega a autorização da prisão aos tribunais superiores, STJ e STF.

Tiroteio
“Governo muquirana: veste um santo e despe outro. É muito injusto tributar quem já sofre com o desemprego”. Do economista Paulo Nogueira Batista Júnior, sobre a proposta de estimular o emprego de jovens taxando o seguro-desemprego.

Publicação simultânea com a Folha de São Paulo

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora
esqueceu a senha?

últimas dessa coluna


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Passos de bebê

Sem recursos para financiar toda a reformulação do Bolsa Família em uma única tacada, o governo estuda implantar o novo programa em duas fases. A primeira entraria em 2020 e a segunda, só em 2021. …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Mais tarde ainda

Contrariando a expectativa de senadores alinhados à Lava a Jato, que querem retomar a votação do projeto que habilita a prisão em segunda instância no início de fevereiro, o presidente do Senado, …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Veio para ficar

A avaliação positiva da ministra Damares Alves (Mulher) no Datafolha sinalizou a políticos que a agenda conservadora nos costumes segue forte e é hoje a principal conexão dos mais pobres a Jair …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Mudança de marés

Integrantes do PT e de movimentos de esquerda já discutem internamente os possíveis efeitos políticos de uma melhora da economia em 2020. Alguns recomendam cuidado com o discurso de que tudo vai …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Volte uma casa

Nota técnica da consultoria do Senado do último dia 3 diz que liberar o trabalho de professores aos domingos, como prevê a Medida Provisória do Emprego Verde e Amarelo, pode ferir a Constituição. …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Bandeira social

O novo Bolsa Família, em elaboração pelo governo, amplia as faixas etárias de beneficiários. A ideia é expandir o pagamento extra a famílias com crianças de até 36 meses (3 anos) e àquelas que …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Alô, direita

O congresso do PSDB amanhã em Brasília trará acenos ao eleitorado bolsonarista. Consulta prévia a filiados pela internet mostrou maiorias a favor do pagamento de mensalidade em universidades …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

O show deve continuar

O secretário de Cultura, Roberto Alvim, deve ampliar o teto de captação de recursos da Lei Rouanet para musicais em teatro, de R$ 1 milhão para ao menos R$ 5 milhões. Em uma rara concessão a …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Regras do jogo

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), mandou recado a integrantes do PSL de que vai analisar uma a uma as suspensões aplicadas pelo partido a 14 deputados. Ele indicou que efetivará as …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Rota para o atalho

A saga de Jair Bolsonaro para criar a Aliança pelo Brasil, sua nova sigla, deve ganhar um reforço técnico hoje. Integrantes do comitê gestor da ICP (Infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira), …


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados