search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

VÍDEO | Pacientes flagram ratos circulando pelos corredores de hospital na Serra

Notícias

Publicidade | Anuncie

Cidades

VÍDEO | Pacientes flagram ratos circulando pelos corredores de hospital na Serra


Pacientes denunciaram a presença de ratos nos corredores do Hospital Estadual Dório Silva, na Serra. As imagens foram feitas no último dia 3, na Clínica Médica 2 e viralizaram nas redes sociais.

A Secretaria de Estado da Saúde foi acionada e informou que o último serviço de dedetização e desratização na unidade foi realizado no dia 28 de maio.

Ainda segundo a Sesa, outras duas ações vão acontecer neste mês. A secretaria informou ainda que parte do hospital está em obra, o que gera acúmulo de materiais de construção e entulhos e dificulta o controle na área externa da unidade.

Leia a nota da Sesa na íntegra

"A direção do Hospital Estadual Dório Silva informa que a dedetização e desratização acontecem de forma sistemática na unidade, tendo a última sido realizada no dia 28 de maio. Para este mês, outras duas ações estão agendadas.

Esclarece, ainda, que estão sendo realizados serviços de desobstrução e limpeza do sistema de fossas sanitárias do hospital e também de desobstrução e limpeza das tubulações e das caixas de esgoto internos. Os serviços de revisão e recuperação do sistema de esgoto serão concluídos nos próximos dias.

Vale informar que parte do hospital está em obras de manutenção/ampliação, o que gera acúmulo de materiais de construção que produzem entulhos que, apesar da manutenção periódica, dificultam o controle na área externa da unidade.

Por isso, a direção reforça que tem adotado medidas para proporcionar um ambiente seguro e adequado para os servidores e pacientes".