search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

VÍDEO | Mulher é imobilizada com arma de choque após não usar máscara em voo

Notícias

Publicidade | Anuncie

Coronavírus

VÍDEO | Mulher é imobilizada com arma de choque após não usar máscara em voo


Uma mulher que se recusou a usar máscara dentro de um voo, causou uma grande confusão, no último domingo (25), em um trecho da companhia área Spirit Airlines com destino a Porto Rico. Uma agente da polícia chegou a usar uma arma de choque para imobilizar a mulher durante o tumulto.

Em vez de cobrir a boca e o nariz, o que é recomendado contra a covid-19, a mulher estava utilizando a proteção no pescoço, quando ela começou uma briga com outros passageiros. As informações são do UOL.

O avião saiu de Nova Iorque, nos Estados Unidos, e tinha acabado de pousar em San Juan, Porto Rico, na hora da discussão. Identificada como Nyasy Veronique Payne, a mulher aparece gritando com um homem de camiseta branca, que se chama Javier Lopez Cruz.

Um dos passageiros conseguiu filmar a confusão, que continuou com Nyasy dando um soco em um membro da tripulação, que tentava conter a agressora sem sucesso. Depois disso, ela vai para cima de Javier, quando é atingida pelos amigos do rapaz com vários socos. 

A gravação acaba com a chegada de uma agente da polícia, que usa uma arma de choque para controlar a mulher.

Segundo testemunhas, Nyasy e alguns colegas de viagem teriam se recusado a colocar as máscaras no rosto e ainda estariam caminhando no avião, mesmo quando a orientação era permanecer sentado e colocar o cinto de segurança.

No entanto, um dos passageiros afirma que o grupo de homens envolvido na briga começou a gritar palavras homofóbicas e racistas contra Nyasy e os amigos.

Quando o conflito terminou, os comissários de bordo chamaram a polícia para falar com os envolvidos. De acordo com o site britânico Daily Mail, Nyasy foi acusada de agressão pela polícia de Porto Rico e está sob custódia policial.


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados