search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

VÍDEO | Moradores usam grupo de WhatsApp para cercar e prender assaltante

Notícias

Publicidade | Anuncie

Polícia

VÍDEO | Moradores usam grupo de WhatsApp para cercar e prender assaltante


Em menos de 10 minutos, moradores de Vale da Esperança, em Cariacica, conseguiram encontrar um bandido que tinha acabado de assaltar uma guia de turismo. Eles conseguiram monitorar o acusado por meio de um grupo de WhatsApp.

O criminoso foi imobilizado e os moradores recuperaram o celular da vítima. A ação aconteceu às 7h45 de quinta-feira (13).

A guia de turismo de 35 anos, que pediu para não ser identificada, contou que estava em um ponto de ônibus. Ela aguardava uma amiga para irem juntas ao trabalho, na rua principal do bairro.

“Ele subiu na calçada, em uma moto vermelha, me mandou passar o celular e não olhar para ele”, disse.

Assim que o criminoso foi embora, um morador do bairro, também de moto, abordou a vítima, perguntando se ela tinha sido assaltada. “Ele me mandou ficar ali aguardando que ele ia buscar o celular para mim”, destacou. Em menos de 10 minutos, outro homem chegou, desta vez de carro.

“Ele passou e disse: 'Moça, prendemos o ladrão. Até achei que ele fosse policial, mas não. Fiquei surpresa”, afirmou a vítima.

Chegando até onde o suspeito estava detido, com as mãos amarradas, a vítima reconheceu a moto dele, uma Yamaha Ybr 125 Factor.

“Me senti protegida pelos moradores até quando fui reconhecer o suspeito. Eles me conduziram para trás de um carro, para o ladrão não me ver”, lembrou.

A prisão foi possível porque existe um grupo do bairro no WhatsApp, onde moradores compartilham informações sobre segurança. “Eu vi muita união naquele lugar. O grupo funciona muito bem, fiquei muito comovida com a ajuda”, afirmou a vítima.

Foi graças às imagens da prisão do suspeito circulando no grupo que uma outra possível vítima dele reconheceu a motocicleta.

A jovem, de 22 anos, revelou que teve a bolsa roubada pelo suspeito na manhã de quarta, quando voltava para o trabalho, no bairro Bela Aurora.

Delegacia
O suspeito, as duas vítimas e a moto foram encaminhadas até a 4ª Delegacia Regional de Cariacica. Segundo a polícia, o acusado, de 36 anos, tem passagens por furto, roubo, posse e uso de drogas.

Para os militares, ele disse que estava roubando para pagar dívidas do tráfico. Ele foi autuado por roubo e encaminhado para o Centro de Triagem de Viana.


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados