search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Vídeo de bebê capixaba que sobe escada sozinha viraliza; Bombeiros fazem alerta

Notícias

Publicidade | Anuncie

Cidades

Vídeo de bebê capixaba que sobe escada sozinha viraliza; Bombeiros fazem alerta


A pequena Laura, de 11 meses, pega a escada na área de serviço e sobe para olhar a janela (Foto: Reprodução / Vídeo)
A pequena Laura, de 11 meses, pega a escada na área de serviço e sobe para olhar a janela (Foto: Reprodução / Vídeo)

Um vídeo de uma bebê capixaba de apenas 11 meses subindo em uma escada e ficando pendurada para ver a janela viralizou nas redes sociais nos últimos dias.

A cena, que atingiu mais de seis milhões de visualizações apenas nas primeiras horas de publicação, despertou o alerta do Corpo de Bombeiros em relação aos cuidados que devem ser seguidos por quem tem criança pequena em casa.

O vídeo foi publicado na última sexta-feira (19) pela mãe da criança, a policial militar Sara Ferreira, de 35. Ela e a filha Laura se mudaram do Espírito Santo para Caldas Novas (GO), há pouco mais de duas semanas.

As imagens mostram Laura na área de serviço do apartamento retirando a escada de trás da máquina de lavar, posicionando o equipamento e subindo. Do topo da escada, ela fica pendurada para ver a vista da janela. (confira o vídeo abaixo)

Segundo a mãe, Laura já tinha repetido a atitude outras duas vezes, e por isso ela resolveu filmar. “Essa foi a terceira vez que ela fez a mesma coisa. As duas vezes ele fez sob minha supervisão e eu vi que ela era capaz, aí eu falei que ia filmar para mostrar para o pai dela”, explicou o mãe, em entrevista para o site Uol.

A mãe também se defendeu de críticas que sofreu nas redes sociais por ter feito o vídeo. “Nós somos a emoção e a confiança dos nossos filhos. Muita gente criticou a minha calma. Eu tinha que passar calma e segurança para ela. Em momento nenhum eu quis colocar a minha filha em risco. Os bebês são capazes. Eu deixo explorar com responsabilidade”, explicou.

“Sempre busquei saber sobre a autonomia infantil. Deixar a criança fazer o que ela consegue de acordo com a idade dela. Laura era para começar a subir degraus com dois anos. Ela não toma mamadeira, água é no copo. Eu sempre levo ao pediatra. Ela é muito desenvolvida e encantadora”, contou Sara.

De acordo com a tenente Carla Andresa, do Corpo de Bombeiros Militar do Espírito Santo, os pais devem ter cuidado redobrado quando vão se mudar para uma casa nova, como no caso da família da pequena Laura.

“Os pais têm que ter atenção especial com as crianças quando vai morar em apartamentos. Antes de se mudar, deve ser instaladas redes de proteção em todas as janelas, inclusive de banheiro e áreas de serviços, locais que normalmente os pais acham que as crianças não estarão”, alerta a tenente.

A militar explica que as crianças possuem o instinto natural de explorar os ambientes e mexer nas coisas, por isso não se deve deixar objetos como escadas e bancos perto de janelas. “Cadeiras, sofás, escadas, esses objetos devem ficar afastados de janelas”, orienta.

A tenente comenta ainda que o exemplo de Laura, de apenas 11 meses, serve de alerta. “Crianças precisam de vigilância constante, não podemos subestimar que elas não vão conseguir subir, escalar puxar objetos nos cantos por serem novas e pequenas”

Além das janelas, a tenente alerta ainda para outros ambientes e objetos que podem levar risco para os pequenos aventureiros, como evitar fios elétricos expostos pela casa, assim como aparelhos elétricos, que pode dar choque, e baldes e bacias, que devem ser guardados vazios e virados para baixo.

“Quando a criança começa a andar, é importante ter protetores de quinas e nas tomadas. Materiais inflamáveis e de limpeza tem que ser guardados em locais seguros, assim como objetos cortantes. E cabos de panelas sempre virados para dentro no fogão”.

Entrar no grupo do WhatsApp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna Online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp.


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados