search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Vice-governadora pede a Bolsonaro mudança em decisão sobre reitor da Ufes

Notícias

Publicidade | Anuncie

Cidades

Vice-governadora pede a Bolsonaro mudança em decisão sobre reitor da Ufes


Vice-governadora Jaqueline Moraes (Foto: )
Vice-governadora Jaqueline Moraes (Foto: )

A vice-governadora do Estado, Jaqueline Moraes, enviou uma carta ao presidente Jair Bolsonaro nesta terça-feira (24), pedindo que ele mude a decisão sobre o novo reitor da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes). No final da noite de terça-feira (23), foi publicada na edição do Diário Oficial da União a nomeação do professor Paulo Vargas para ocupar o cargo. 

Na carta, a vice-governadora reforça o pedido feito pelos reitores das universidades públicas federais, que pediram ao governo federal que escolhesse como dirigentes das instituições os indicados em primeira posição na lista tríplice elaborada pelos colegiados eleitorais. 

"Solicitei a Bolsonaro para reconsiderar sua decisão, pois a professora Ethel Maciel foi a mais votada. Pela primeira vez na história da Ufes, ela foi a mais votada entre todos os segmentos, tanto professores, servidores e alunos quanto entre os conselheiros. Ela é muito competente, e a decisão do Presidente me deixou muito surpresa. Achamos que ele fosse atender a escolha da universidade", disse a vice-governadora em entrevista ao Tribuna Online.

Moraes informou que enviou o documento pedindo ao presidente para reconsiderar a decisão, pois ela iria entrar na história do Espírito Santo. "Seria a primeira mulher a ser reitora da Ufes, faria história como eu.
Eu não tinha outra ferramenta. Ela foi uma mulher eleita democraticamente e Bolsonaro contrariou tudo o que foi feito democraticamente. Para mim, foi uma surpresa e fiquei indignada e meu único instrumento foi esse documento", afirmou ela.

 (Foto: )
(Foto: )

Segundo ela, a escolha por Ethel seria a expressão da importância feminina na sociedade capixaba com mulheres ocupando posições de chefia em cargos públicos e privados.

"O pedido de reconsideração ao excelentíssimo senhor presidente da República é para que a indicação da primeira colocada prevaleça e fortaleça a busca pela igualdade de gênero. Ethel Maciel no cargo de reitora da Universidade seria a expressão da importância feminina na sociedade capixaba com mais uma mulher ocupando, democraticamente, as posições de chefias em cargos públicos e privados, onde se possa exercer um papel de protagonista, embora ainda sofra com as heranças históricas do sistema social patriarcal em seu dia a dia", disse a vice-governadora na carta.


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados