search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Viagem de turismo ao espaço em 2022

Notícias

Publicidade | Anuncie

Ciência e Tecnologia

Viagem de turismo ao espaço em 2022


Cápsula está pronta para levar astronautas da Nasa à estação espacial e também deve transportar turistas (Foto: Divulgação)
Cápsula está pronta para levar astronautas da Nasa à estação espacial e também deve transportar turistas (Foto: Divulgação)

A SpaceX, empresa que pretende vender viagens ao espaço, anunciou uma nova sociedade para enviar quatro turistas para a órbita mais distante que um cidadão comum já fez, a missão pode ser realizada em 2022 e custará mais de US$ 100 milhões (R$ 439 milhões).

A empresa assinou acordo com a Space Adventures, que tem sede em Washington e serviu como intermediária para enviar oito turistas à Estação Espacial Internacional (ISS) em foguetes russos.

O primeiro deles foi Dennis Tito, que pagou US$ 20 milhões (R$ 87,8 milhões) por uma estadia de oito horas na ISS, em 2001. O último a fazer a viagem, em 2009, foi Guy Laliberte, fundador do Cirque du Soleil.

Os novos turistas viajariam na cápsula SpaceX Crew Dragon, que foi desenvolvida para transportar astronautas da Nasa e deve fazer seu primeiro voo tripulado nos próximos meses.

“Nosso objetivo é tentar atingir de duas a três vezes a altura da estação espacial”, disse Tom Shelley, presidente da Space Adventure. A ISS orbita a 400 quilômetros da superfície da Terra.

A princípio, a viagem dos turistas poderia ocorrer no final de 2021, embora, “provavelmente, seja em algum momento de 2022”, disse ele.

A cápsula foi projetada para levar astronautas de superfície para a ISS. Em um espaço de apenas nove metros quadrados, não há áreas privadas para dormir, tomar banho ou urinar.

A duração da missão dependerá do que os passageiros desejarem, segundo Shelley. Questionado sobre o preço, ele respondeu: “Não é barato”.

Mesmo assim, o presidente da Space Adventure garante que há muita gente interessada na viagem e disposta a pagar por ela.

Diferente do turismo para a ISS, que exigiu seis meses de treinamento em Moscou, na Rússia, a próxima missão exigirá apenas quatro semanas de preparo nos Estados Unidos.


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados