search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Vereadores de Cachoeiro aprovam projeto que proíbe fogos de artifício com barulho

Notícias

Publicidade | Anuncie

Cidades

Vereadores de Cachoeiro aprovam projeto que proíbe fogos de artifício com barulho


Vereadores aprovaram o projeto de lei que proíbe a queima e a soltura de fogos de artifícios, estampidos e rojões com efeitos sonoros em Cachoeiro de Itapemirim.

Fogos de artifício (Foto: Pixabay)Fogos de artifício (Foto: Pixabay)

A matéria, de autoria dos vereadores Allan Ferreira e Sandro irmão, foi aprovada na sessão ordinária da Câmara de Cachoeiro de Itapemirim de terça-feira (14).

Para ser implantado, o projeto precisa ser sancionado pelo prefeito. Caso isso aconteça, a lei começa a vigorar nos próximos dias, logo após a publicação no Diário Oficial.

Não estão contemplados pela proibição os fogos de artifícios e artefatos pirotécnicos que apenas produzem efeitos visuais.
Caso haja descumprimento do que determina a lei, após advertência na primeira infração, pagará multa de R$ R$398,80 (20 Unidades Fiscais do Município).

A responsabilidade pela fiscalização e aplicação das penalidades aos infratores é da Gerência de Fiscalização de Posturas.

O vereador Allan Ferreira diz que o objetivo é resguardar a saúde de crianças e adultos portadores de transtorno do espectro autista, reconhecidos por possuírem hipersensibilidade sensorial, bem como o bem-estar dos animais.

“Muitos grupos de Cachoeiro, principalmente mães de autistas e donos de animais, já vinham nos solicitando uma providência”, diz Allan.

“É uma forma de poluição sonora que pode causar graves transtornos. E, na verdade, incomoda a quase todos”, defende Sandro.