search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

“Tudo que quero é sarar”, diz Rose
Plenário
Fabiana Tostes

Fabiana Tostes


“Tudo que quero é sarar”, diz Rose

Desde que se licenciou do Senado, no último dia 20, a rotina da senadora Rose de Freitas tem sido peregrinar por diversos hospitais, clínicas, médicos e cientistas buscando a cura de sua doença.

Rose foi diagnosticada com infecção causada pela bactéria riquétsia, transmitida por mordida de carrapato.

Na última sexta-feira, Rose conversou rapidamente com a coluna, no intervalo de uma consulta médica. “Tenho que agradecer a Deus, porque tem horas que nem consigo falar. Tive a febre maculosa, que mata em poucos dias. Mas, eu sobrevivi. Estou lutando para me manter forte, mas está muito difícil. Tudo que quero é sarar”, disse Rose, emocionada.

Muito ativa, conhecida por ter um mandato municipalista, mas também se envolver em pautas nacionais como a apresentação de nove projetos para combater o feminicídio, Rose disse que é difícil obedecer às ordens médicas de “descansar”. “Vou resolvendo algumas coisas, emendas, atendendo pessoas, mas por telefone. Creio que em breve estarei de volta”.

A coluna Plenário torce para a sua total recuperação.

Exames vão para EUA
Rose tem se submetido a diversos tratamentos e disse que já tomou “todos” os antibióticos prescritos. Ela fez exames em São Paulo que serão enviados para os EUA e tem ficado mais em Brasília. “Alguns médicos divergem sobre o tipo de tratamento. Desde que eu falei no Senado muitas pessoas me ligam indicando médico e tratamento. Tenho lutado”.

Orçamento em votação
O deputado Euclério Sampaio, que preside a Comissão de Finanças e também é o relator da peça orçamentária do governo para 2020, vai colocar seu relatório amanhã em votação na comissão. Questionado se haveria mudanças bruscas na peça, Euclério disse que não. “Só as mudanças que o governo pediu”. Não informou sobre as emendas dos deputados.

Sexta-feira 13: dia da sorte
Contra toda a superstição da data, a Prefeitura de Vila Velha anunciou que vai publicar, na sexta-feira, 13, os editais de concursos públicos com 1.423 vagas para atuar na Saúde, Educação, setor administrativo e no Instituto de Previdência no município. As vagas são para ensinos médio e superior.

Progressistas querem frente ampla em 2020
Presidentes do PCdoB, PT e Rede de Vila Velha vão se reunir amanhã para definir uma aliança para as eleições.

Os partidos abordarão a necessidade de uma frente progressista e a reorganização da esquerda. A meta, segundo o presidente do PCdoB de Vila Velha, Márcio Xavier, é estabelecer uma “estratégia eficiente” para eleger vereadores e definir um nome para disputa a prefeito.

“Se Casagrande votasse na Serra, votaria em mim”

Embora uma aliança entre o PSB e o PDT esteja sendo cogitada, com a possibilidade de o partido do governador Renato Casagrande apoiar candidatura a prefeito do PDT na Serra, o deputado licenciado e secretário estadual do Trabalho, Bruno Lamas, não recua. Disse que PSB terá candidato a prefeito na Serra e com apoio e incentivo do governador. “Se ele votasse na Serra, votaria em mim”.

Galeria

Janeiro branco
Foi sancionada lei de autoria do deputado Adilson Espíndula que institui no calendário do Estado o “Janeiro Branco”, campanha para cuidar da saúde mental e bem-estar e prevenir depressão e ansiedade.

Dezembrada vem aí...
O Instituto Geográfico do Espírito Santo faz, na próxima quarta-feira um balanço de suas atividades. É a 23ª Dezembrada, que vai contar com lançamento de obras, entrega de medalhas e posse da diretoria da Academia Espírito-Santense de Letras.

Direitos humanos na roda
Vai até sexta-feira a Semana Estadual de Direitos Humanos que, neste ano, tem como tema: “(R)Existência! Direitos humanos na pluralidade contra desigualdades”. Serão feitos seminários, rodas de conversa, formação para servidores e entrega do Prêmio Estadual de Direitos Humanos.
 

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora
esqueceu a senha?

Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados