search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Tiros de madrugada e ônibus com rota alterada após morte de Fernando Cabeção

Notícias

Publicidade | Anuncie

Polícia

Tiros de madrugada e ônibus com rota alterada após morte de Fernando Cabeção


Veículo no qual Fernando Cabeção foi executado (Foto: Fábio Nunes / Arquivo AT)
Veículo no qual Fernando Cabeção foi executado (Foto: Fábio Nunes / Arquivo AT)

A madrugada após a morte de Fernandes de Oliveira Reis, o Fernando Cabeção, 42 anos, condenado pela morte do juiz Alexandre Martins de Castro Filho, em 2003, foi marcada por tiros e mudança no itinerário de linhas de ônibus no bairro Guaranhuns, em Vila Velha.

Fernandes, que foi denunciado pelo Ministério Público Estadual (MPE), em 2003, como chefe do Primeiro Comando de Guaranhuns, foi executado por volta de 16h30 deste domingo (28) quando estava no banco do carona de uma BMW, que era dirigida por sua mulher, em Vila Velha. 

De acordo com a polícia, um carro fechou a BMW quando o veículo parou em um semáforo na subida da Terceira Ponte, sentido Vitória.

Após a morte de Fernando, moradores de Guaranhuns afirmam ter ouvido cerca de 150 tiros entre às 4h e 6 horas da manhã desta segunda-feira (29). As testemunhas também contam que os atiradores caminharam do bairro Jardim Guaranhuns, até a avenida Sérgio Cardoso, enquanto realizavam os disparos.

O corpo de Fernandes foi liberados por familiares nesta segunda-feira (29) e o enterro vai acontecer às 16 horas, mas não teve o local divulgado.

Em conversa com a reportagem do Jornal A Tribuna, uma comerciante afirmou estar com medo de que traficantes da região façam algum tipo de protesto durante o velório e, por isso, decidiu fechar mais cedo. 

Em nota, a Polícia Militar informou houve um acionamento no Ciodes, relacionado a disparo de arma de fogo no bairro Guaranhuns, em Vila Velha, na madrugada desta segunda-feira (29), mas que nada confirmado porque ninguém do bairro se manifestou sobre o caso para os militares que foram ao local.

Mudança no itinerário dos ônibus

Pracinha do bairro Guaranhuns (Foto: Jaciele Simoura/AT)
Pracinha do bairro Guaranhuns (Foto: Jaciele Simoura/AT)

Pela manhã desta segunda (29), um papel foi colado no ponto de saída do ônibus que faz a linha 600, no Terminal do Ibes, informando que o transporte coletivo não iria passar dentro dos bairros Jardim Guaranhuns, Vila Guaranhuns e Guaranhuns, por conta de "problemas pontuais de segurança pública" .

Por meio de nota, a Ceturb-ES confirmou a alteração no trajeto do ônibus após a morte de Fernando e que a situação só voltará ao normal quando a segurança for garantida na região.

Entrar no grupo do WhatsApp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna Online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp.


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados