search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Técnico de enfermagem preso acusado de desviar remédios de hospitais de Cachoeiro

Notícias

Publicidade | Anuncie

Polícia

Técnico de enfermagem preso acusado de desviar remédios de hospitais de Cachoeiro


Ampolas apreendidas pelos policiais, na casa do acusado (Foto: Divulgação/Polícia Civil)Ampolas apreendidas pelos policiais, na casa do acusado (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

Um técnico de enfermagem, de 32 anos, foi preso em Cachoeiro de Itapemirim, acusado de desviar medicamentos de três hospitais do município. A prisão foi feita em flagrante pela Delegacia Especializada de Infrações Penais e Outras (Dipo), na manhã desta quinta-feira (6).

Na residência do suspeito, segundo a polícia, foram apreendidas 10 ampolas de sulfato de morfina. As investigações apontam que o medicamento foi subtraído dos hospitais em que ele trabalhava e que seria revendido no mercado negro.

A prisão foi efetuada por policiais da Dipo de Cachoeiro, durante cumprimento de mandado de busca e apreensão expedido pela Justiça.

As investigações tiveram início na última sexta-feira (29). Logo, a partir dos primeiros levantamentos, a Polícia Civil suspeitou do envolvimento do funcionário no furto dos remédios e o delegado responsável pelo inquérito solicitou um mandado.

“O detido trabalha em três hospitais, sendo um particular, um estadual e um filantrópico. A investigação indica que as ampolas apreendidas na casa dele foram subtraídas das três unidades hospitalares”, explicou o titular da Dipo, delegado Rafael Antun.

De acordo com o delegado, o homem confessou em depoimento que pretendia revender os medicamentos. Ele foi autuado em flagrante pelo crime de tráfico de drogas, e encaminhado ao Centro de Detenção Provisória (CDP) de Cachoeiro.

Segundo a Polícia Civil, o inquérito policial será remetido para a Delegacia Especializada de Narcóticos (Denarc) de Cachoeiro, que vai apurar se há outros envolvidos no esquema.

Sobre a substância

O sulfato de morfina, produto apreendido com o suspeito, é um analgésico forte, usado para o alívio da dor intensa, como a provocada por infarto do miocárdio, lesões graves ou dor crônica severa associada ao câncer terminal.

O remédio pode ser usado também como anestesia em procedimentos cirúrgicos. A morfina apresenta alto risco de dependência, pois proporciona intenso bem-estar ao ser administrada, levando o usuário a desejar doses cada vez maiores.

Entrar no grupo do WhatsApp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna Online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp.