search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Taylor Swift confirma que está gravando suas músicas antigas
Publicidade | Anuncie

Música

Taylor Swift confirma que está gravando suas músicas antigas


Taylor Swift foi uma das grandes vencedoras do American Music Awards, importante premiação dos Estados Unidos. Ela levou como “artista do ano”, clipe favorito por “Cardigan” e “artista feminina favorita de pop/rock”.

O seu discurso de aceitação dos prêmios foi à distância em um vídeo pré-gravado. O lugar escolhido por ela foi especial, um estúdio! Isso significa que ela está gravando novas músicas? Não, na realidade está gravando músicas velhas!

Se você não está acompanhando a saga da Taylor Swift contra sua antiga gravadora, isso pode parecer estranho, mas não é… É uma maneira que ela encontrou de ser dona de suas próprias músicas de novo, já que ela não conseguiu adquirir esses direitos.

Confira o que ela falou: “Muito obrigada por isso, esse é um prêmio votado por fãs, o que significa tanto para mim. Vocês têm sido tão maravilhosos durante toda a minha carreira, mas esse ano em especial, quando estivemos tão distantes, não fomos capazes de nos ver em shows, mas mesmo assim me sinto muito conectada com vocês pelas músicas, pelas relações ao álbum ‘folklore’, eu realmente amo isso e sou sortuda. A razão de eu não estar aí é que eu estou em estúdio gravando minhas músicas antigas, está incrível, mal posso esperar para que vocês escutem“.

Taylor Swift vs. Big Machine Records
Taylor Swift não tem os direitos master das músicas de seus seis primeiros álbuns, lançados de entre 2006 e 2007, via Big Machine Records. Todas as músicas estão nas mãos do empresário Scooter Braun, desafeto da cantora, que comprou parte da empresa. Recentemente, esses direitos foram passados para a Shamrock Holdings, mantendo a situação complicada.

Ela escreveu uma carta aberta: “Algumas semanas atrás, minha equipe recebeu uma carta de uma empresa de capital privado chamada Shamrock Holdings, informando-nos que eles haviam comprado 100% das minhas músicas, vídeos e arte de álbuns do Scooter Braun. Esta foi a segunda vez que minha música foi vendida sem o meu conhecimento. A carta dizia que eles queriam entrar em contato antes da venda para me avisar, mas Scooter Braun havia exigido que eles não fizessem contato comigo ou com minha equipe, ou a negociação estaria cancelada”.

Já nesta carta, ela já tinha confirmado que regravaria as músicas antigas. Isso já era esperado, pois era uma brecha em contrato. Vai ser a saída possível e os fãs estão ansiosos por isso.


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados