search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Tarzan da vida real morre após voltar à civilização

Notícias

Publicidade | Anuncie

Internacional

Tarzan da vida real morre após voltar à civilização


Vietnamita Ho Van Lang, conhecido como o “Tarzan da vida real”, na selva e após ser levado para a civilização (Foto: Divulgação)Vietnamita Ho Van Lang, conhecido como o “Tarzan da vida real”, na selva e após ser levado para a civilização (Foto: Divulgação)

O vietnamita Ho Van Lang, conhecido como o “Tarzan da vida real”, morreu aos 52 anos com um câncer no fígado, e não conseguiu se adaptar à civilização, segundo o jornal Daily Mail.

Lang viveu na selva do Vietnã por 41 anos com o pai, que fugiu após um bombardeio na Guerra do Vietnã matar metade de sua família. Ele havia retornado do mundo selvagem há apenas 8 anos e morreu na semana passada. A notícia, no entanto, só foi divulgada ontem na imprensa internacional.

Segundo a publicação, o contato com a sociedade vietnamita ocorreu em 2013 e tanto pai quanto filho acreditavam que a Guerra do Vietnã ainda estava acontecendo. Álvaro Cerezo, amigo de Lang, disse que viver uma vida “moderna” teve consequências fatais, depois que o amigo começou a consumir alimentos processados e, às vezes, a beber álcool.

“Estou muito triste por vê-lo partir, mas para mim a sua morte é também uma libertação porque sei que ele sofreu nos últimos meses. Ele era um ser humano lindo, esquecê-lo será impossível, vou sentir falta dele todos os dias”, disse.

O amigo disse que estava preocupado com o estilo de vida de Lang. “Não gostei de vê-lo vivendo na civilização. Sempre me preocupei que ele não fosse capazes de lidar com mudança tão drástica”.

Ainda, de acordo com a publicação, as autoridades locais afirmaram que foi o irmão mais velho de Lang, Ho Van Tri, que encorajou os dois a retornarem quando a saúde do pai começou a se deteriorar em 2013. O ancião morreu em 2017, por causa desconhecida.

Antes da Guerra do Vietnã, ele vivia com sua família em um vilarejo no país. Os dois sobreviveram na selva colhendo alimentos e plantando milho.

Eles usavam tangas feitas de casca de árvore e viviam em uma espécie de casa da árvore. Eles só foram encontrados em agosto de 2013, quando oficiais montaram uma equipe para rastreá-los em uma busca de cinco horas. Na época, Lang foi submetido a exames médicos com o pai e só retornou à casa em julho de 2016.

Cabana na árvore e roupas feitas com folhas e cascas

Ho Van Thanh e Ho Van Lang, pai e filho, respectivamente, viviam em uma cabana feita de madeira que eles construíram em uma árvore. Foi naquele local que as autoridades encontraram os dois, segundo, noticiou na época, o jornal vietnamita "Thanh Nien".

A equipe foi obrigada a entrar 40 km mata adentro na província de Quang Ngai para encontrar os dois vietnamitas. Com eles foram encontrados armas e utensílios artesanais que eram usados para trabalhos no local.

Thanh e Lang vestiam tangas feitas com fibras vegetais. Em torno da casa na floresta, os dois cultivavam uma pequena horta, incluindo tabaco, que eles fumavam. Eles também procuravam frutas em árvores da região e caçavam.

No local também foi encontrado um uniforme militar que pertencia a Ho Van Thanh. O filho caçula de Thanh se salvou do bombardeiro e viveu com parentes. Em 1983, ele conseguiu encontrar os dois com a ajuda de um tio.

No entanto, apesar da insistência, o filho não conseguiu convencer o pai e o irmão a abandonar a floresta e voltar para a civilização. O filho caçula voltou várias vezes desde então, inclusive acompanhado por autoridades, na tentativa de convencer os parentes.

Ele levava roupas e coisas difíceis de encontrar no local, como azeite e sal. Thanh e Lang sempre se negaram a regressar e se escondiam quando tentavam agarrá-los para trazer à civilização. Ho Van Thanh, já fraco demais para andar sem ajuda, teve que ser carregado e voltou à civilização em 2013.

Entrar no grupo do WhatsApp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna Online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp.