search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Suspeito de matar frentista em Cachoeiro de Itapemirim é preso no Rio de Janeiro

Notícias

Publicidade | Anuncie

Polícia

Suspeito de matar frentista em Cachoeiro de Itapemirim é preso no Rio de Janeiro


Reginaldo dos Santos Ramos tinha 36 anos (Foto: Reprodução)
Reginaldo dos Santos Ramos tinha 36 anos (Foto: Reprodução)

Foi preso um dos suspeitos de matar o frentista Reginaldo dos Santos Ramos, de 36 anos, no município de Cachoeiro de Itapemirim, em outubro do ano passado. De acordo com a Polícia Civil, o homem foi encontrado nesta quarta-feira (20), no bairro Nova Campinas, na cidade Duque de Caxias, no Rio de Janeiro.

Reginaldo foi morto com pelo menos cinco tiros, na madrugada do dia 15 de outubro do ano passado. O crime aconteceu dentro do posto de combustível em que ele trabalhava, no bairro Guandu, área central de Cachoeiro.

Frentista é morto a tiros durante assalto em Cachoeiro. (Foto: Reprodução/Videomonitoramento)
Frentista é morto a tiros durante assalto em Cachoeiro. (Foto: Reprodução/Videomonitoramento)

Os criminosos chegaram em um Fox de cor preta. O carona desceu com a arma na mão e abordou o frentista, que entregou o que tinha no bolso e não esboçou nenhuma reação. Mesmo assim, logo em seguida, ele foi atingido com vários tiros.

Após efetuar os disparos, o criminoso entrou no carro e fugiu. Havia pelo menos mais um comparsa, que estava na direção do carro, mas a polícia ainda não especificou qual dos dois foi preso nesta quarta (20). 

A cena foi registrada pelo sistema de videomonitoramento do posto de combustível. As imagens são fortes e, por isso, não foram publicadas.

Bandido continuou atirando mesmo depois que o frentista já estava caído no chão. (Foto: Reprodução/Videomonitoramento)
Bandido continuou atirando mesmo depois que o frentista já estava caído no chão. (Foto: Reprodução/Videomonitoramento)

Na época do crime, a polícia informou que o carro utilizado no assalto havia sido roubado momentos antes de um motorista de aplicativo na rua Samuel Levy, no bairro Aquidaban. O veículo foi localizado na manhã do mesmo dia, abandonado ao lado do cemitério do bairro Coronel Borges.

De acordo com a PC, a prisão do suspeito aconteceu nesta quarta (20), por meio da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Cachoeiro de Itapemirim, com apoio da Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF/PCERJ), durante a Operação Estado Presente, deflagrada no Sul do Estado. 

Entrar no grupo do WhatsApp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna Online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp.


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados