search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Surpresa intimista e folk de Taylor Swift

Entretenimento

Publicidade | Anuncie

Para Ouvir

Surpresa intimista e folk de Taylor Swift


Taylor:  “Eu me vi não somente escrevendo minhas próprias histórias” (Foto: Divulgação)Taylor: “Eu me vi não somente escrevendo minhas próprias histórias” (Foto: Divulgação)


“A maioria das coisas que eu tinha planejado para este verão não aconteceram, mas tem uma coisa que eu não planejei que aconteceu. E é o meu 8º álbum de estúdio, 'Folklore'”, postou Taylor Swift em seu Instagram, 24 horas antes de lançar o disco.

E “Folklore” é bom? Primeiro é preciso constatar: Taylor abandonou o pop. O disco é intimista e, como o próprio nome sugere, um mergulho no folk. Pode-se dizer até que Taylor Swift revela no trabalho o seu lado indie.

Criticada ou adorada há quase 15 anos, aos 30, a americana amadureceu e canta dores, sentimentos e reflexões universais. E prova que sabe, melhor do que ninguém, compor letras incríveis.

Na romântica “Peace”, reflete sobre o que é mais importante em um relacionamento amoroso. “Todas essas pessoas pensam que o amor é um show, mas eu morreria por você em segredo”, canta.

“Epiphany”, ou Epifania, fala sobre a pandemia do coronavírus. “Algumas coisas para as quais a faculdade de Medicina não preparou / A filha de alguém / A mãe de alguém/ Seguram a sua mão através de plástico agora / 'Doutor, eu acho que ela está morrendo”.

Aguçando a curiosidade dos fãs sobre as histórias por trás de cada canção, Taylor disse que se refere a três músicas como “'O Triângulo do Amor Adolescente'. Elas exploram um triângulo amoroso do ponto de vista das três pessoas em momentos distintos de suas vidas”. Nas canções, “Cardigan”, “Illicit affairs” e “Betty”, ela dá voz ao traidor, à traída e àquela que não passou de uma aventura.

Se o conteúdo é biográfico ou não, o assunto fica no ar. “Eu me vi não somente escrevendo minhas próprias histórias, mas também escrevendo com a perspectiva de pessoas que eu jamais conheci, pessoas que eu conheci e pessoas que eu desejaria não ter conhecido”, disse ela sobre o disco.

O fato é que “Folklore”, que conta com 16 faixas e terá uma versão de luxo com oito faixas-bônus, é uma nova fase de Taylor Swift. Talvez, uma de suas melhores. Sem distrações, mergulhada em sua mente durante a quarentena, a cantora e compositora produziu algo que encanta. “Meu instinto me diz que, se você faz algo que você gosta, deve simplesmente lançá-lo ao mundo”. Ponto para a intuição de Taylor Swift!


Serviço


“Folklore”
Artista: Taylor Swift
Faixas: 16
Gravadora: Universal Music
Preço: R$ 14,90 no iTunes e disponível nas plataformas digitais


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados