search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Super live
Painel da Folha de São Paulo

Super live

Está marcado para esta sexta um ato virtual que, se bem sucedido, representará a mais robusta união até agora dos movimentos pró-democracia e, consequentemente, de oposição ao bolsonarismo.

Espera-se a presença dos ex-presidentes FHC (PSDB), José Sarney (MDB) e Michel Temer (MDB), de expoentes da esquerda e do centro, de ex-candidatos à Presidência, além de representantes da sociedade civil. Convidado, Lula diz que não participará. Sergio Moro não foi chamado.

Mega
O organizador do evento é Fernando Guimarães, ex-PSDB e coordenador do grupo Direitos Já. “O Brasil não viu uma reunião tão ampla quanto essa”, diz o sociólogo. “O ato assume um papel de ser um grande palanque, como foram as Diretas. A gente vai se imaginar no Vale do Anhangabaú”, completa.

Presentes
De acordo com Guimarães, o presidente do STF, Dias Toffoli, prometeu participar, assim como o presidente da OAB, Felipe Santa Cruz, e o arcebispo metropolitano de São Paulo, cardeal dom Odilo Scherer. “Estarão 100 das mais importantes lideranças e personalidades da política e da sociedade”, diz trecho do convite.

Na lista
Luciano Huck, Guilherme Boulos (Psol), o governadores Flávio Dino (PCdoB), Bruno Araújo (PSDB) e os ex-candidatos Fernando Haddad (PT), Ciro Gomes (PDT) e Marina Silva (Rede) estão confirmados, de acordo com a organização. Os movimentos Basta!, Estamos Juntos e Somos 70% também vão fazer parte.

Vazio
André Mendonça (Justiça) desistiu do coronel Carlos Alberto de Araújo Gomes, comandante da PM de Santa Catarina, para o cargo de secretário nacional de Segurança Pública. O ministro vai nomear o coronel Carlos Paim, da PM do DF, que já respondia interinamente.

Corredor
Segundo relatos, questões políticas fizeram Mendonça mudar a escolha. A publicação no Diário Oficial deve sair nos próximos dias.

Barulho
Na sessão do TSE de ontem que rejeitou um dos pedidos de cassação da chapa Bolsonaro-Mourão, um grupo pequeno passou boa parte do tempo tocando buzina na frente da Corte. “Com fogos ou buzinaço, aqui se faz a coisa certa, de acordo com a prova dos autos”, disse o presidente do tribunal, Luís Roberto Barroso. Ainda há outras sete ações pendentes.

Isso ou aquilo
Investigadores viram na resposta do general Augusto Heleno (GSI) uma contradição com o depoimento que ele mesmo deu, no dia 12 de maio, como testemunha no inquérito que apura acusações de Sergio Moro contra Jair Bolsonaro.

Dois tempos
No documento, Heleno assegura que o Presidente não teve “óbices ou embaraços” em 2019 e em 2020 para mexer na equipe que faz sua segurança pessoal. Na oitiva, o ministro chegou a citar que Bolsonaro tinha feito menção à sua “segurança pessoal” na reunião ministerial, quando falava em trocas para blindar amigos e família.

Focos
No inquérito, delegados do caso solicitaram também acesso a cópias da investigação da PF do Rio sobre o porteiro do condomínio do Presidente. O funcionário citou em seu primeiro depoimento para a Polícia Civil, que um dos presos pela morte de Marielle Franco teria dito que iria na casa de Bolsonaro horas antes da morte da vereadora e de seu motorista.

Em miúdos
O pedido tem justificativa: os delegados querem saber quais casos poderiam interessar ou preocupar o Presidente no Rio. A investigação no Supremo é sobre a suposta interferência de Bolsonaro na PF.

Areia
Quase seis meses após obter decisão favorável da Justiça do Rio, o tenista Novak Djokovic, líder do ranking da ATP, ainda não recebeu os R$ 3 milhões que o Estado lhe deve. O sérvio teria sido contratado por US$ 1,1 milhão (R$ 2,2 milhões na cotação da época), mas só recebeu uma parcela de US$ 450 mil (R$ 921 mil).

Quero mais
Os advogados que representam o atleta têm tentado aumentar os honorários de 5% para 8% na sentença proferida pelo TJ-RJ. Em 2012, Djokovic esteve na cidade para um jogo de exibição contra Gustavo Kuerten. Ontem, o sérvio anunciou que está com coronavírus.

Tiroteio
“Notícias circulam de pessoas de classe média que recebem o auxílio emergencial. Não passam de ladrões”. De Wellington Saraiva, procurador do Ministério Público Federal, sobre a requisição do benefício por cidadãos que não necessitam.

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora
esqueceu a senha?

últimas dessa coluna


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Feitiçaria

Não passou despercebido na Câmara, muito menos na Economia, que um dos principais fatores que ajudaram a elevar a popularidade de Jair Bolsonaro tenha sido criado justamente com o intuito de …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Jeitinho

O governo planeja transferir recursos que estavam reservados para estados e municípios no combate ao coronavírus para financiar obras de infraestrutura da gestão Bolsonaro. A ideia é deslocar …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Olho no olho

As agendas de Jair Bolsonaro em estados, em clima de campanha, têm provocado incômodo e desconfiança. Atacados durante o primeiro semestre por causa de medidas durante a crise do coronavírus, …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Estilhaços

Apesar da saída de Salim Mattar e Paulo Uebel, dois dos auxiliares mais ligados à agenda liberal, quem conhece Paulo Guedes diz que ele não vai pedir demissão. “PG não sai. Tem consciência de que é o …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Merecimento

A decisão do Tribunal de Justiça de SP de criar até 19 Câmaras Extraordinárias para reduzir o acervo de 120 mil processos pendentes de julgamento poderá render um extra de até cerca de R$ 100 mil …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Essa tal liberdade

Em manifestação anterior à decisão da suspensão das contas nas redes sociais de bolsonaristas no âmbito do inquérito das fake news por Alexandre de Moraes, o procurador-geral da República, Augusto …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Efeito colateral

Sem contar os óbitos de Covid-19, o Brasil teve, entre os meses de março e junho, 23% de mortes a mais do que o esperado para o período, segundo levantamento do Conselho Nacional de Secretários da …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Novo normal

A revelação de novos repasses do amigo de Jair Bolsonaro à primeira-dama uniu bolsonaristas e integrantes do centrão. Dos dois lados o discurso foi o mesmo: apostam que os R$ 89 mil depositados pela …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Ao infinito e além

A principal tese que circula, por ora, nos bastidores do Congresso e do Judiciário para validar a recondução de Davi Alcolumbre (DEM-AP) teria como consequência prática a possibilidade de eternizar …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Na saúde e na doença

Damares Alves, que levou pautas da sua base evangélica (ela é pastora) para o ministério que chefia, está preparando um guia classificado como inédito para instruir municípios a fortalecer “vínculos …


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados