search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Smart TVs, a nova porta de entrada dos hackers
Mundo Digital
Eduardo Pinheiro

Eduardo Pinheiro


Smart TVs, a nova porta de entrada dos hackers

A Internet das Coisas (IoT – Internet of Things) vem conectando aos poucos os objetos que utilizamos em nosso dia a dia, dentro de nossas casas e também nas ruas. Depois do computador, do telefone celular e do automóvel, a Internet das Coisas chegou com toda a força até os aparelhos de televisão.

Já são raros os fabricantes que ainda produzem TVs não integradas à internet. Com isso, os cibercriminosos descobriram uma nova forma de invadir as nossas residências, da comodidade e segurança de suas próprias casas.

Assim, as Smart TVs dos usuários menos atentos estão na mira desses criminosos, para o roubo de dados e informações que tenham valor financeiro.

Hoje, a sua Smart TV deve ser encarada como um computador com uma placa de TV acoplada.

Por isso, todos os cuidados que temos com os computadores precisamos também ter com a nossa Smart TV, pois com acesso contínuo à internet, principalmente para acesso às plataformas de streaming (Netflix, Amazon Prime, entre outras), o aparelho fica tão vulnerável, ou até mais exposto que o seu computador, pelo fato de ainda não existirem muitas barreiras para evitar acessos indevidos.

Todavia, observando alguns cuidados no uso da Smart TV, é possível mantê-la com um bom nível de segurança e longe das ações dos cibercriminosos.

Ative a atualização automática da Smart TV

Como todo dispositivo ou aplicação conectado à internet, também com as Smart TVs é necessário realizar a atualização do software controlador, e assim manter o aparelho livre de possíveis vulnerabilidades detectadas e exploradas por hackers.

Não conecte a Smart TV em redes Wi-Fi estranhas

Pegar uma carona na rede Wi-Fi do vizinho não é uma boa ideia, muito pelo contrário, essa carona pode trazer o vizinho ou quem utilize aquela mesma rede para dentro da sua casa e assim ter acesso a outros dispositivos.

Cuidado com dispositivos externos

Ao conectar HD externo e pendrives nas Smart TVs para visualizar fotos e vídeos não deixe de fazer uma prévia verificação com um software antivírus, para evitar levar um código malicioso para a TV.

Não clique em links suspeitos

Ao acessar e-mails, redes sociais ou outras aplicações de internet, pela Smart TV, não clique em links suspeitos para não correr o risco de instalar um malware em seu aparelho.

Finalmente, lembre-se de desativar configurações de fábrica e mudar senhas-padrão, para somente você ter controle total da câmera, microfones e outras funcionalidades.

Uma etiqueta sobre a webcam é uma medida de segurança que não pode ser esquecida. Aparelhos nos quartos são os mais visados pelos cibercriminosos, que buscam imagens de intimidade de casais para suas chantagens criminosas.
 

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora
esqueceu a senha?

Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados