search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Seus passos
Painel da Folha de São Paulo

Seus passos

A Operação Anjo, que prendeu Fabrício Queiroz, traz alguns caminhos para explicar como o ex-assessor de Flávio Bolsonaro bancou seu tratamento no Albert Einstein, mas ainda não deu pistas sobre como ele pagou sua defesa desde que virou alvo do Ministério Público do Rio.

Essa é uma das dúvidas que pairam sobre as fontes de renda de Queiroz e chama a atenção de autoridades que estão no caso. Por envolver advogados, no entanto, a investigação divide o mundo jurídico.

Sigilo profissional
A principal questão é que a relação do cliente com o advogado é assegurada pela Constituição.

Caminhos
Como Queiroz foi encontrado na casa do advogado da família Bolsonaro (Frederick Wassef), investigadores também buscam saber qual a relação que existia entre eles, se Wassef bancava seus custos e por quais motivos. Além da questão da origem dos recursos, importa saber a razão dos contatos, para afastar ou perseguir a suspeita de obstrução de Justiça.

Defesa
Desde o início do inquérito, Queiroz constituiu dois renomados advogados: Paulo Klein, primeiro, e agora Paulo Catta Preta, que defendeu o ex-PM Adriano da Nóbrega, morto em uma operação policial em fevereiro.

Elástico
O sigilo profissional na relação entre defensor e cliente é o principal tema da investigação da facada contra Bolsonaro. No ano passado, o Presidente foi ao Twitter para pressionar o TRF-1 a permitir a perícia de celulares do advogado de Adélio Bispo.

Dardo
Redes hoteleiras de Brasília entraram na mira do inquérito sobre atos antidemocráticos, que está sob relatoria de Alexandre de Moraes. A suspeita dos investigadores é que hotéis da capital do País fizeram supostas parcerias com líderes dos movimentos, dando descontos e permitindo pagamentos em dinheiro vivo.

Mensagem
Jair Bolsonaro disse em evento na manhã de ontem que seu governo ainda terá um ministro oriundo da Polícia Federal e que não vai demorar muito pra isso ocorrer.

Para quem
Alguns presentes interpretaram a declaração como uma brincadeira para agradar a polícia. Outros ainda disseram ter sido um afago a Alexandre Ramagem, diretor-geral da Abin, que estava na cerimônia.

De casa
A Covid deve limitar a campanha de 1.040 prefeitos que vão tentar a reeleição e têm mais de 60 anos, ou seja fazem parte do grupo de risco da doença e não deveriam se expor. Isso representa quase 20% das cidades do País.

Praça
Em São Paulo, a esquerda espera contar com as redes sociais para turbinar a candidatura de Guilherme Boulos (Psol). Ele tem 2,8 milhões de seguidores no Twitter, Instagram e Facebook. Fica atrás somente de Joice Hasselmann (PSL), com 3,2 milhões.

Ranking
O apresentador José Luis Datena (MDB), que ainda não disse se sairá candidato neste ano, apesar de ter feito a filiação partidária, tem 2,73 milhões se seguidores, menos do que Artur do Val, o Mamãe Falei, com 2,75 milhões.

Relógio
Para concorrer na eleição deste ano, Datena tem que se desligar do Brasil Urgente, da Band até a próxima segunda-feira. Na terça, as televisões e rádios não podem mais exibir programas de apresentadores que desejem concorrer nas eleições deste ano.

Dúvida
Ele pode ganhar tempo caso seja aprovada a proposta de emenda constitucional que adia em 42 dias a eleição – todos os demais prazos do calendário eleitoral também seriam adiados. No Senado, a promessa é votar o texto hoje. Na Câmara, líderes acham difícil a aprovação.

Bandeja
Não foi só Fábio Faria (Comunicações) quem avisou parlamentares que Abraham Weintraub seria demitido do MEC na semana passada. Paulo Guedes (Economia) também informou a saída do ministro como forma de pacificar a relação do Executivo com Legislativo e Judiciário.

Crime
O Ministério da Justiça firmou parceria com a ONU no projeto Track4tip, de prevenção e investigação do tráfico de pessoas em cooperação com outros sete países latinos.

Tiroteio

“Eleição no dia 15 de novembro está tão certo quanto opinião da OMS (Organização Mundial de Saúde)”.

Do senador Eduardo Gomes (MDB-TO), líder do governo, para quem ainda há dúvidas sobre o adiamento da eleição deste ano.

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora
esqueceu a senha?

últimas dessa coluna


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Feitiçaria

Não passou despercebido na Câmara, muito menos na Economia, que um dos principais fatores que ajudaram a elevar a popularidade de Jair Bolsonaro tenha sido criado justamente com o intuito de …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Jeitinho

O governo planeja transferir recursos que estavam reservados para estados e municípios no combate ao coronavírus para financiar obras de infraestrutura da gestão Bolsonaro. A ideia é deslocar …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Olho no olho

As agendas de Jair Bolsonaro em estados, em clima de campanha, têm provocado incômodo e desconfiança. Atacados durante o primeiro semestre por causa de medidas durante a crise do coronavírus, …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Estilhaços

Apesar da saída de Salim Mattar e Paulo Uebel, dois dos auxiliares mais ligados à agenda liberal, quem conhece Paulo Guedes diz que ele não vai pedir demissão. “PG não sai. Tem consciência de que é o …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Merecimento

A decisão do Tribunal de Justiça de SP de criar até 19 Câmaras Extraordinárias para reduzir o acervo de 120 mil processos pendentes de julgamento poderá render um extra de até cerca de R$ 100 mil …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Essa tal liberdade

Em manifestação anterior à decisão da suspensão das contas nas redes sociais de bolsonaristas no âmbito do inquérito das fake news por Alexandre de Moraes, o procurador-geral da República, Augusto …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Efeito colateral

Sem contar os óbitos de Covid-19, o Brasil teve, entre os meses de março e junho, 23% de mortes a mais do que o esperado para o período, segundo levantamento do Conselho Nacional de Secretários da …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Novo normal

A revelação de novos repasses do amigo de Jair Bolsonaro à primeira-dama uniu bolsonaristas e integrantes do centrão. Dos dois lados o discurso foi o mesmo: apostam que os R$ 89 mil depositados pela …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Ao infinito e além

A principal tese que circula, por ora, nos bastidores do Congresso e do Judiciário para validar a recondução de Davi Alcolumbre (DEM-AP) teria como consequência prática a possibilidade de eternizar …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Na saúde e na doença

Damares Alves, que levou pautas da sua base evangélica (ela é pastora) para o ministério que chefia, está preparando um guia classificado como inédito para instruir municípios a fortalecer “vínculos …


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados