search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Senado vota “lei das fake news” sem discutir projeto
Cláudio Humberto
Cláudio Humberto

Cláudio Humberto


Senado vota “lei das fake news” sem discutir projeto

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM), confirmou para hoje a votação da “lei das fake news” ou “Lei Brasileira de Liberdade, Responsabilidade e Transparência na Internet”.

O detalhe é que, ontem, a menos de 24 horas dessa votação que Alcolumbre chamou de “histórica”, não havia nem sequer existia o relatório final com o texto, que deverá ser votado, sem qualquer debate com a sociedade.

Liberdades em jogo
Há indícios de que o texto a ser votado sem discussão, a pretexto de combater crimes como fake news, tenta limitar a liberdade de expressão.

Contra a mentira
É preciso mesmo combater a desinformação e as mentiras, aliás muito comuns entre políticos, mas não se pode violar direitos fundamentais.

Fantasia autoritária
Controlar a internet é uma antiga fantasia de políticos e governantes, da esquerda à direita. Nos EUA, Donald Trump já ameaçou fazer isso.

Por que esconder?
A Associação Brasileira de Internet (Abranet), de mais de 300 empresas, manifestou em nota sua apreensão com o texto que não se conhece.

Cotado para o MEC acusado de ligação ao Kroton
Assessor especial do ex-ministro Abraham Weintraub, o advogado Sergio Cabral Sant’Ana, cotado para o cargo de ministro da Educação, é questionado por suas ligações com o grupo Kroton, um dos maiores do setor educacional privado. Sant’Ana é um dos poucos que permaneceu na pasta, apesar da demissão do ex-chefe, e não é considerado “contaminado” pela péssima imagem deixada por Weintraub no MEC.

Ligações
Sant’Ana trabalhou com Kathleen Matos na Secretaria de Regulação do Ensino Superior do MEC. Ela foi denunciada à Comissão de Ética.

Captura
Matos foi denunciada pelo Psol, que viu em sua nomeação “potencial captura do órgão regulador pelo ente regulado”. Mas isso não prosperou.

Interessados
Sant’Ana representou Weintraub em eventos oficiais e tem o apoio da deputada Carla Zambelli (PSL-DF) e do vereador Carlos Bolsonaro.

Feder pisou na bola
No Planalto, pegou muito mal a entrevista de Renato Feder, secretário de Educação do Paraná ao Jornal Nacional. Estabeleceu a dúvida sobre sua escolha para ministro da Educação. “Ele colocou a cabeça de fora demais” ao falar em um veículo que o governo considera “de oposição”.

Meu pirão primeiro
O Supremo finalmente decidiu, pós 16 anos de banho-maria, que reduzir carga horária e salário de servidor é “inconstitucional”. O País que se estrepe para bancar a farra. E suas excelências não admitem críticas...

Tanto faz
Há uma torcida de partidos de oposição para que o ministro Celso de Mello (STF) imponha depoimento verbal de Jair Bolsonaro à Polícia Federal. Não faz diferença: o Presidente já disse que “tanto faz”. Mas ele tem a prerrogativa de depor no local e data que escolher e por escrito.

Deixa saudades
Pioneiro da capital, o médico e empresário Arnaldo Cunha Campos faleceu em Brasília ontem, vítima de complicações provocadas pelo Covid-19. O País perdeu um grande brasileiro.

Ideia fixa
A Organização Mundial da Saúde (OMS) diz que 18,6 milhões de pessoas tornam o Brasil o País com o maior número de ansiosos. Já o mal da OMS é transtorno obsessivo compulsivo contra o Brasil.

Meu pirão completo
Ao contrário da iniciativa privada, que se vira para pagar as contas sem penduricalhos e auxílios, principalmente em tempo de pandemia, o STF entendeu ser inconstitucional reduzir jornada e salários de servidores.

Saiu da prateleira
Presidente da CCJ, a senadora Simone Tebet (MDB-MS) comemorou a votação do marco do saneamento. Segundo ela, para cada mil crianças nascidas, 14 não chegam a 5 anos de idade por falta de saneamento.

Violência apropriada
Pesquisa Ipsos revela que o apoio a protestos após a morte de George Floyd é maior aqui (76%) que nos EUA (75%). O problema é que 40%, aqui, acham que protesto violento é “resposta apropriada”. Lá são 24%.

Pensando bem...
...essa nuvem de gafanhotos tem tudo para entrar na conta do governo.

Poder sem pudor

Deus sem votos
Roger Levy disputou em São Paulo uma vaga na Câmara dos Deputados, nos anos 1980, quando o general João Figueiredo acabava de assumir a Presidência da República. Levy teve um desempenho pífio, três mil votos. “Mas me sinto Deus”, disse a um jornalista. “Por que?” Ele respondeu: “Ora, Figueiredo foi eleito com 300 votos, o papa com 100 votos. Com três mil, eu me sinto Deus.”

Colaboram: André Brito e Tiago Vasconcelos

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora
esqueceu a senha?

últimas dessa coluna


Exclusivo
Cláudio Humberto

Em Maceió, JHC amplia vantagem: 44% a 38,4%

Levantamento do instituto Paraná Pesquisas em Maceió, para o site Diário do Poder, confirma o favoritismo do candidato JHC (deputado federal João Henrique Caldas), do PSB, com 44% das intenções de …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Lista da derrota tem mais gente, além de Bolsonaro

Só o presidente Jair Bolsonaro tem sido apontado como “derrotado” nas eleições deste ano, sobretudo pela imprensa, mas faltam personagens nessa história. O cearense Camilo Santana (PT), que trombetei…


Exclusivo
Cláudio Humberto

Estatais “dependentes” têm custo de R$ 17 bilhões

De acordo com o Relatório Agregado das Empresas Estatais Federais (RAEEF) da Secretaria de Coordenação e Governança das Empresas Estatais, do Ministério da Economia, está embutido no custo bilionário …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Eleição durante pandemia foi decisão irresponsável

O súbito aumento de casos da Covid-19 mostra que as eleições deste ano pandêmico de 2020 foram um erro grotesco, sob o ponto de vista sanitário. O Congresso e a Justiça Eleitoral apenas adiaram o …


Exclusivo
Cláudio Humberto

País gasta R$ 101 bilhões só com pessoal de estatais

As 46 empresas estatais sob controle direto da União custam R$ 101 bilhões por ano aos pagadores de impostos e possuem mais de 448 mil funcionários. Os dados constam no Relatório Agregado das Empesas …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Oposição e ONGs tentam impor plano Lula ao governo

Uma espécie de “internacional socialista” saiu das catacumbas para se juntar a ONGs, que perderam o dinheiro fácil dos governos do PT a e influência, para usar o Supremo Tribunal Federal (STF) a fim …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Dilma quer bolada milionária da comissão de anistia

A ex-presidente cassada Dilma Rousseff tenta arrancar da Comissão de Anistia do Ministério da Justiça “reparação” por haver pedido demissão do “cargo” de estagiária e de assistente técnica da …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Eleitor de Boulos é branco, rico e mora nos Jardins

A maioria dos eleitores do candidato Guilherme Boulos (Psol) reside em bairros de classe média alta, onde ele próprio viveu a maior parte de sua vida, ou bairros de elite como os Jardins, e, …


Exclusivo
Cláudio Humberto

PT e PSDB são os gigantes que encolhem domingo

PSDB e PT, que já foram considerados gigantes, saem encolhidos das eleições de 2020. Há quatro anos, o PT conquistou 254 municípios já no primeiro turno, este ano despencou para 179, queda de mais de …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Justiça eleitoral dá vexame e é a grande derrotada

Após um dia sem grandes surpresas, o primeiro turno das eleições deste ano ficou marcado como uma derrota da Justiça Eleitoral e do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), responsáveis pela apuração e …


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados