search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Segurança na pauta da campanha
Plenário
Fabiana Tostes

Fabiana Tostes


Segurança na pauta da campanha

Embora seja um tema mais presente nas campanhas governamentais, dificilmente violência e segurança pública ficarão fora do debate municipal. Principalmente após a divulgação, na segunda-feira (19), do Anuário Brasileiro de Segurança Pública que mostrou que as mortes violentas aumentaram no 1º semestre desse ano em comparação a 2019, mesmo com a pandemia.

Segundo o anuário, o Espírito Santo registrou um aumento de 19% em mortes violentas, na comparação de 2020 e 2019. Um índice que já vinha sendo observado no Estado.

Dados do Observatório de Segurança Pública da Sesp mostram que, de janeiro a setembro, os homicídios aumentaram no Estado em 16,2%. Separando por regiões, o Sul teve maior alta com 43,8%, seguido da região serrana, com 36,7% e da região metropolitana, com aumento de 21,6%. Região Noroeste subiu 2,4% e só no Norte que o índice caiu 2,6%.

Foi parar nos discursos
Os números do Anuário de Segurança Pública foram debatidos ontem na Assembleia. Deputados, alguns candidatos a prefeito, levaram o assunto para a sessão e há quem já esteja incluindo o tema para os próximos programas de TV no horário eleitoral, apresentando propostas, como o aumento das Guardas Municipais, para combater a violência.

Vai parar na delegacia
A coligação “Amamos Barra de São Francisco” vai procurar a polícia e a Justiça Eleitoral para denunciar o que eles chamam de “ato de desespero”. Na calada da noite, grupos de vândalos estariam arrancando adesivos de carro e destruindo a propaganda do candidato a prefeito Enivaldo dos Anjos. Donos dos carros estão colhendo imagens de câmeras.

Mais abacaxis...

 (Foto: André Felix)
(Foto: André Felix)
O Ministério Público pediu a impugnação de Jander Vidal, vice na chapa da candidata à prefeita de Marataízes Norma Ayub, sob alegação de que ele foi condenado pelo Tribunal de Contas. Semana passada, a pedido do juiz eleitoral Jorge Orrevan, o chefe do cartório deu certidão de indeferimento da candidatura do prefeito Tininho Batista.

Campanha versus Covid!
O candidato a prefeito de Cariacica Sandro Locutor testou positivo para Covid-19 no último domingo. Há uma semana, foi a vez da deputada Lauriete contrair a doença. Em alguns estados já é notado um aumento de casos após o início da campanha, há 3 semanas. Aqui, de acordo com o Painel Coronavírus, o número de casos vem reduzindo. E, nessa semana, deve sair o protocolo sanitário para o período eleitoral.

Juiz manda cassar chapa em Alto Rio Novo
O juiz eleitoral Adelino Pires determinou a cassação da chapa do prefeito de Alto Rio Novo, Luiz Américo Borel, à reeleição, após denúncia de que um caminhão da prefeitura teria sido utilizado para fins particulares de eleitores – no caso, uma mudança –, no último dia 2. O juiz ainda decretou o pagamento de multa. O juiz usou como base o artigo 73 da lei 9.504/97 que veda ao agente público distribuir benefícios em ano eleitoral. O prefeito não foi localizado.

Por ora, sem sintomas
O deputado Amaro Neto esteve na última quinta-feira com o candidato a prefeito Sandro Locutor, fechando apoio. Ele deve fazer o teste de Covid hoje, mas já está em isolamento.

Mais mulheres na política
O Grupo Mulheres do Brasil, presidido pela empresária Luiza Trajano, lança nesta semana uma carta compromisso para candidatas ao legislativo e às prefeituras de todo o País. O movimento, suprapartidário, quer que mais mulheres sejam eleitas.

Contrato prorrogado
Virou lei o projeto do vereador Leonil Dias que prorroga o contrato de quase mil servidores em designação temporária por mais um ano. O contrato terminaria em dezembro deste ano.

Homenagem merecida
O deputado Danilo Bahiense pediu um minuto de silêncio, na sessão de ontem, em homenagem a Gláucia Calmon, que morreu na última quinta após uma cirurgia cardíaca. Gláucia era supervisora do arquivo do jornal A Tribuna havia mais de 20 anos.

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora
esqueceu a senha?

Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados