search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Sebastião Salgado e sua capacidade de nos inspirar
Tribuna Livre

Sebastião Salgado e sua capacidade de nos inspirar

O fotógrafo Sebastião Salgado, ao lançar a Carta Aberta ao Governo Brasileiro, subscrita por personalidades nacionais e internacionais, traduziu a preocupação planetária frente ao risco da entrada do coronavírus nas tribos indígenas da Amazônia.

Essa população de nativos, vulnerável às tais “doenças de brancos”, tem sido pressionada por garimpeiros, madeireiros, grileiros e, agora, corre sério risco de novo genocídio pela pandemia do coronavírus.

Sebastião Salgado, mineiro de Aimorés/MG, tem forte ligação com o Espírito Santo. Além de ter feito os cursos secundário e superior de Economia, na Ufes, em Vitória, é casado com a capixaba Lélia Wanick, há mais de 50 anos.

No final dos anos 1960, tiveram rápida passagem por São Paulo até buscarem o autoexílio, em Paris, onde conquistaram a cidadania francesa.

Em 1970, deixou seu emprego de economista na Organização Mundial do Café/OIC, para se tornar fotógrafo, consolidando duas fortes marcas: retratos em preto e branco e fotos carregadas de sentimentos.

Na fotografia, desenvolveu projetos grandiosos, em 140 países, com exposições de fotos marcantes e livros, nas temáticas de deslocamento de populações; reforma agrária; garimpo de Serra Pelada; refugiados de guerra; projetos Êxodos e Gênesis; dentre outros.

Em 1998, voltou para Aimorés e comprou a fazenda Bulcão, de 700 hectares, herdada do pai, determinado em reverter o processo de derrubadas das árvores para formação de pastagens.
Ele tinha como referência, quando saiu de lá, uma fazenda com mais 50% de Mata Atlântica, e, na volta, encontrou menos de 5% da área coberta.

Portanto, foi com o propósito de fazer o caminho de volta, substituindo a pata do gado por novas árvores, que ele criou o Instituto Terra.

Primeiro, traçou o projeto de recuperação de áreas degradadas, no vale do Rio Doce, que cobre 238 municípios de MG e ES, com área equivalente à de Portugal.

Depois, estruturado o instituto, ele voltou a fazer novo giro pelo mundo, tendo passado mais 8 anos fotografando a natureza de povos isolados, no Projeto Gênesis e no seu convívio intenso com as comunidades indígenas da Amazônia.

Como agrônomo, tive o privilégio de visitar o Instituto Terra, com técnicos do Incaper, quando tivemos clara noção da grandeza daquela vitrine agroambiental para o Estado e para o Brasil, como centro gerador de conhecimento e formação profissional na área ambiental.

Ao retornar, lembrei-me da frase do Bertolt Brecht: “Há aqueles que lutam um dia e são bons; há os que lutam muitos dias e são muito bons; há os que lutam anos e são melhores ainda; porém, há aqueles que lutam toda a vida e, por isso, são imprescindíveis.”

De fato, Sebastião Salgado é um desses homens imprescindíveis, sobretudo pela sua capacidade de nos inspirar nesse momento dramático de muita dor, incerteza e reflexão no enfrentamento da maior pandemia do século.

Cleber Guerra é engenheiro agrônomo e diretor do Incaper.

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora
esqueceu a senha?

últimas dessa coluna


Exclusivo
Tribuna Livre

Mudanças de hábito valorizam a importância do papel

As embalagens estão cada vez mais no radar das empresas. Seja papel cartão, papelão ondulado ou nos moldes de leite longa vida, as embalagens de papel têm se tornado a menininha dos olhos no mundo …


Exclusivo
Tribuna Livre

A sociedade precisa saber mais sobre a agricultura familiar

Não há governante que, nos dias atuais, consciente do seu papel, não compreenda a necessidade de se investir num setor tão importante para o povo brasileiro. Muito se fala em manutenção do homem …


Exclusivo
Tribuna Livre

Novos modos de vida e a “economia de baixo contato”

Enquanto algumas tendências sinalizam movimentos socioculturais ou respostas para os desafios globais persistentes, outras emergiram do contexto específico da pandemia da Covid-19. A tendência da …


Exclusivo
Tribuna Livre

Trezena de Santo Antônio muda de data sem perder a vocação

Há quase oito décadas, com festivas solenidades, é pela primeira vez que a Trezena de Santo Antônio deixou de acontecer nos 13 dias do mês de junho, na Paróquia e Santuário-Basílica, em Vitória. A …


Exclusivo
Tribuna Livre

A modernização dos cartórios em tempos de Covid-19

Mesmo antes da pandemia, o sistema cartorário já tinha migrado diversos serviços para serem solicitados e feitos através das centrais online. Durante o período da quarentena, essas centrais se …


Exclusivo
Tribuna Livre

É preciso mais atenção à vida e à respiração saudável

Sabe-se que a poluição do ar pode comprometer a saúde da criança, do adulto ou do idoso. Lei ambiental a ser aplicada em prol da vida filtraria o ar em residências e nos ambientes eventuais do …


Exclusivo
Tribuna Livre

Desafios da advocacia no Brasil pós-pandemia do coronavírus

Desde o dia 11 de março, quando o governo federal decretou situação de emergência na saúde pública decorrente da Covid-19, a sociedade se viu afastada das suas rotinas afetivas e grande parte foi …


Exclusivo
Tribuna Livre

Profissional pós-pandemia terá de ser mais calmo e resiliente

Vivemos em um tempo de mudanças bruscas na relação com as pessoas, na relação profissional, familiar, ambiental. Enfim, estamos mudando radicalmente conceitos pré-estabelecidos por décadas. Essas …


Exclusivo
Tribuna Livre

Nova lei de proteção de dados traz desafios para empresas

A lei 13.709/18, que trata da proteção de dados pessoais, conhecida pela sigla LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados), está para entrar em vigor. Resumidamente, ela regula como empresas, pessoas …


Exclusivo
Tribuna Livre

Você sabe com quem está falando?

No início de julho, matéria jornalística exibiu vídeo no qual uma mulher humilhava um fiscal responsável por conferir o cumprimento das normas contra a Covid-19, num bar do Rio de Janeiro. Ao ser …


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados