search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Se a entrega do imóvel atrasar, o comprador pode ser indenizado?
Tribuna Livre

Se a entrega do imóvel atrasar, o comprador pode ser indenizado?

É comum a aquisição do imóvel durante a construção, ou na linguagem popular: comprar o imóvel “na planta”. Normalmente, essa compra do imóvel “na planta” é mais vantajosa economicamente. Mas, se há vantagens, há também riscos. O comprador pode se deparar, por exemplo, com uma demora na entrega da obra. E se essa demora ocorrer, teria o comprador direito à indenização por danos morais?

Na verdade, o dano moral nessa hipótese não pode ser presumido, conforme entendimento do Superior Tribunal de Justiça (STJ), em recente julgado (REsp nº 1639016 – 04/04/2017).
O que o comprador precisa fazer é provar, no caso concreto, alguma circunstância excepcional que demonstre uma violação aos direitos da personalidade.

Para o STJ, conforme julgado do REsp 1.634.751/SP (16/02/2017), seria uma circunstância excepcional aquela em que, além do efetivo atraso, o imóvel foi entregue em desconformidade com o que foi contratado inicialmente.

Casos como a compra de um imóvel com duas suítes, mas que é entregue com apenas uma; ou de um imóvel cujo projeto previa uma vista para o mar, mas que, na entrega, não se concretiza.

Nesses casos, o tribunal entendeu que os moradores teriam de lidar diariamente com aquela frustração, perdurando-se, assim, o sentimento de desapontamento com a compra.

Já com relação ao dano material, antes é necessário conceituar o que é. E segundo a doutrina é o prejuízo de ordem financeira sofrido pela vítima, causando redução de seu patrimônio. O dano material, além disso, engloba o dano emergente e o lucro cessante.
O dano emergente é o prejuízo efetivamente sofrido, já o lucro cessante significa o que o prejudicado deixou de lucrar em razão do inadimplemento contratual.

Mais uma vez, a melhor palavra sobre o direito nesse caso vem do STJ. E, em recente julgado (REsp 1633274), esse tribunal confirmou o entendimento de que a construtora deve pagar lucros cessantes no caso de atraso na entrega de imóvel.

Nesse caso, portanto, há sim uma presunção de prejuízo do comprador. Essa presunção de prejuízo decorre do fato de que o imóvel poderia estar sendo alugado desde a data para a qual a entrega foi programada.

Já o dano emergente, ao contrário do lucro cessante, não pode ser presumido. Esse dano corresponde ao prejuízo material propriamente dito, o que, via de regra, não acontece pelo simples atraso de entrega.

Um exemplo é quando o comprador consegue comprovar que precisou alugar um imóvel entre a data programada para a entrega e a efetiva entrega do imóvel que adquiriu.

Em resumo, no caso de atraso na entrega do imóvel, lembre-se: você, via de regra, vai ter direito a indenização por lucros cessantes; e pode ter direito a uma indenização moral e outra por dano emergente, caso consiga comprovar seus prejuízos.

LEANDRO DA COSTA BARRETO é advogado e procurador municipal.

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora
esqueceu a senha?

últimas dessa coluna


Exclusivo
Tribuna Livre

A crise do oxigênio e as novas tecnologias durante a pandemia

Há mais de um ano, a relação das pessoas com a saúde não é a mesma. Há mais de um ano, a percepção das pessoas sobre a vida mudou. Uma crise sanitária sem precedentes vem transformando, mundo afora, …


Exclusivo
Tribuna Livre

Saúde e segurança do trabalho para impulsionar a economia

Mais de um ano se passou do anúncio da pandemia, uma batalha global contra o SARS-CoV-2, o novo coronavírus, que agora parece ter uma luz no fim do túnel com as vacinas. Mas ainda é preciso estar …


Exclusivo
Tribuna Livre

Maioridade penal e a aprovação da lei no combate à criminalidade

Diz o art. 5º do vigente Código Civil: “A menoridade cessa aos dezoito anos completos, quando a pessoa fica habilitada à prática de todos os atos da vida civil.” E o parágrafo único do mesmo …


Exclusivo
Tribuna Livre

Produtos perigosos e riscos que transitam em nossas rodovias

Substâncias perigosas de diversas origens são transportadas diariamente pelas estradas brasileiras. Entre os milhares de veículos que atravessam o País, estão os que conduzem cargas perigosas e quase …


Exclusivo
Tribuna Livre

Cuidado, cyberstalker! Agora, você poderá ser visto e julgado

Você, assim como eu, costuma postar fotos do seu dia a dia, aonde vai, o que come e como vive? Compartilhar experiências da vida nas redes sociais digitais faz parte. Aliás, essas mídias estão …


Exclusivo
Tribuna Livre

Inconstitucionalidade do imposto de herança sobre bens no exterior

O Supremo Tribunal Federal (STF) declarou a inconstitucionalidade da cobrança de Imposto de Transmissão Causa Mortis ou Doação (ITCMD) sobre bens existentes no exterior, ao julgar RE 851.108-SP, …


Exclusivo
Tribuna Livre

O caos pandêmico e o tempo desnorteado

“Que é, pois, o tempo?” Santo Agostinho cravou: “Se ninguém me perguntar, eu sei; se quiser explicá-lo, já não sei”. Existindo no tempo, este líquido amniótico em que mergulhamos ao nascer, transitam…


Exclusivo
Tribuna Livre

Lei Aldir Blanc e a união cultural de Norte a Sul do Brasil

O trabalho realizado em tempo recorde para que o setor produtivo da cultura obtivesse o recurso da lei, deixou a certeza de que esse é apenas o começo de uma transformação. Toda a experiência que …


Exclusivo
Tribuna Livre

Ato médico e questão de ética

Nos dias atuais têm sido cada vez mais frequentes as discussões médico-jurídicas quanto ao tratamento da Covid-19. Independentemente de questões político-partidárias, há uma certeza: existe um …


Exclusivo
Tribuna Livre

Prioridade para uma reflexão sobre a pandemia da Covid-19

Embora tenha ocasionado a morte de milhares de pessoas no Brasil e de milhões no mundo, no início do século passado, a chamada "gripe espanhola", para a grande maioria dos brasileiros, é desconhecido …


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados