search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

"Schitt's Creek", "Succession" e "Watchmen" são os grandes vencedoras do Emmy

Entretenimento

Publicidade | Anuncie

Entretenimento

"Schitt's Creek", "Succession" e "Watchmen" são os grandes vencedoras do Emmy


Schitt’s Creek, Succession e Watchmen foram os principais vencedores do Emmy 2020. A cerimônia, que ocorreu remotamente por conta da pandemia do novo coronavírus, consagrou a série canadense de humor Schitt’s Creek com nove prêmios em todas as categorias voltadas à comédia. Já a minissérie Watchmen e a série de drama Succession, se não levaram para casa todos os prêmios aos quais foram indicadas, também foram grandes destaques na premiação.

Succession foi a grande vencedora entre as séries de drama. O programa da HBO criado por Jesse Armstrong retrata uma família rica cujo patriarca está decidindo quem deve sucedê-lo como grande comandante do império familiar, o que coloca irmãos e parentes em guerra entre si. A série, que conta com duas temporadas e já foi renovada para uma terceira, venceu quatro estatuetas, incluindo a de melhor ator (Jeremy Strong), série, roteiro e direção.

Apesar das bolas cantadas de Watchmen, Succession e Schitt’s Creek, houve algumas surpresas interessantes, como a vitória de Zendaya como melhor atriz por sua participação em Euphoria, Uzo Aduba como atriz coadjuvante em Mrs. America e Maria Schrader pela direção de Nada Ortodoxa.

Criada por Damon Lindelof, a minissérie Watchmen é inspirada no universo dos quadrinhos escritos por Alan Moore e ilustrados por Dave Gibbons em 1986. Embora não seja uma adaptação, a série se passa anos depois da trama retratada nos quadrinhos.

Nesse mundo, existem super-heróis, mas esses patrulheiros mascarados são, na verdade, tão corruptos quanto os criminosos que eles prendem. A série de Lindelof usa a premissa de Moore e a transporta para a TV de modo a discutir violência policial, punitivismo jurídico e o racismo estrutural nos Estados Unidos.

 (Foto: Ilustração: André Felix)
(Foto: Ilustração: André Felix)

Os protestos contra a brutalidade policial em relação aos negros, que se espalharam pelo mundo em 2020, demonstram como a temática de Watchmen é relevante nos dias de hoje e explicam seu sucesso - tanto que a série da HBO ganhou nada menos que quatro estatuetas nas categorias principais, além de dois prêmios entre as categorias técnicas, anunciadas antes da cerimônia.

Pandemia

O Emmy foi o primeiro grande evento da temporada de premiações a acontecer durante a pandemia do novo coronavírus. Enquanto o Globo de Ouro e o Oscar se salvaram dos efeitos da quarentena, tendo acontecido presencialmente ainda em 2020, o Emmy teve de cumprir rígidos protocolos de higiene para poder acontecer.

Em 2019, o Emmy inovou ao não ter um apresentador. No entanto, com as medidas de distanciamento social, a premiação aconteceu novamente com um mestre de cerimônias, o comediante Jimmy Kimmel Em seu monólogo inicial, a transmissão usou imagens de arquivo de outras edições mostrando astros e estrelas como Jon Hamm e Elisabeth Moss na plateia antes de revelar que o evento estava acontecendo, na verdade, em um auditório vazio. "Exatamente como na minha formatura", brincou o humorista e apresentador.

Kimmel não se esquivou da questão da pandemia em suas piadas: "é melhor apresentar esse prêmio do que sintomas", ele disse logo no início, e ainda fez uma autocrítica: "pode parecer fútil e desnecessário entregar prêmios no meio de uma pandemia, mas sabe o que também é fútil e desnecessário? Entregar prêmios em qualquer outra época do ano. o que vamos fazer não é necessário, mas é divertido".

Durante a cerimônia, Kimmel voltou a falar sobre a pandemia, mas tingindo a questão com tons um pouco mais políticos - as eleições norte-americanas ocorrem em menos de dois meses. "Watchmen é uma série muito realista, tirando a parte em que eles mostram gente do interior do Oklahoma usando máscara", brincou ele, sobre o fato de muitos habitantes dos estados do sul dos EUA se recusarem a usar máscara durante a pandemia. "É claro que não temos plateia, isso é o Emmy, não o comício do Trump", ele disse.

Algumas poucas atrações, no entanto, estiveram presentes no auditório com Kimmel, como Zendaya, Tyler Perry e Jennifer Aniston. Além disso, um tocante número musical relembrou algumas das estrelas que morreram no último ano, como Naya Rivera (Glee), Diana Rigg (Game of Thrones), Chadwick Boseman (Pantera Negra) e Kirk Douglas (Glória Feita de Sangue e Spartacus).
 


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados