X

Olá! Você atingiu o número máximo de leituras de nossas matérias especiais.

Para ganhar 90 dias de acesso gratuito para ler nosso conteúdo premium, basta preencher os campos abaixo.

Já possui conta?

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo

Saúde

Recuperação mais rápida em cirurgias com ajuda de robôs

O congresso será realizado pela Sociedade de Ginecologia e Obstetrícia do Espírito Santo, no Hotel Senac Ilha do Boi, em Vitória


Imagem ilustrativa da imagem Recuperação mais rápida em cirurgias com ajuda de robôs
Karin Rossi: congresso no Estado |  Foto: © Divulgação

O papel da robótica, a endometriose e o risco do uso de esteroides anabolizantes estão entre os temas relacionados à ginecologia que serão abordados hoje e  amanhã na 26ª edição do Congresso Espírito Santense de Ginecologia e Obstetrícia em Vitória.

A robótica, como destaca a vice-presidente da Sociedade Ginecologia e Obstetrícia do Espírito Santo (Sogoes), Karin  Rossi,   oferece inúmeros benefícios.

Veja mais notícias sobre Saúde aqui

Nos exemplos citados, estão  precisão cirúrgica aprimorada, recuperação mais rápida, visão detalhada e ampliada, acessibilidade a áreas difíceis, menor perda de sangue, melhor experiência para o cirurgião e menor taxa de complicações, entre outras vantagens. 

“Com movimentos suaves e controlados, os procedimentos são realizados de forma minimamente invasiva, resultando em pequenas incisões e menos dor pós-operatória”.

Karin  Rossi ressalta ainda que no congresso também terá  discussão sobre a endometriose, considerada hoje a doença  do século. 

“É uma doença altamente prevalente, que acomete milhares de mulheres no mundo e que faz com que elas tenham um impacto muito ruim na qualidade de vida”. Vamos discutir como conduzir essa paciente ambulatorialmente – visto que é uma doença crônica –, quais são as indicações cirúrgicas e como tratar a adenomiose, que é a endometriose do útero”.

O congresso  será realizado pela Sociedade de Ginecologia e Obstetrícia do Espírito Santo, no Hotel Senac Ilha do Boi, em Vitória. 

O evento, que não acontecia desde 2020 de forma presencial, contará com a participação de 200 médicos e especialistas de várias partes do País.

Para a conferência de abertura, a presidente da Sogoes,  Lucia Helena Mello de Lima,  recebe o médico mineiro Agnaldo Lopes da Silva Filho que irá falar sobre: “É possível erradicar o câncer do colo do útero do Brasil?”.

O congresso é direcionado para estudantes de Medicina, profissionais da área de saúde e médicos. 

As inscrições podem ser realizadas pela internet (jacredenciei.com.br/e/cesgo2023) ou no local do evento.

Leia mais:

Novas injeções mais potentes contra colesterol e diabetes

Anvisa aprova novo teste para detectar febre maculosa

Insulina semanal para diabetes apresenta resultados positivos em testes

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Leia os termos de uso

SUGERIMOS PARA VOCÊ: