search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Salão do Imóvel em novembro será 100% digital
Publicidade | Anuncie

Imóveis

Salão do Imóvel em novembro será 100% digital


Salão do imóvel em edição antes da pandemia do novo coronavírus: estandes lotados. Para este ano, os compradores terão acesso a ofertas especiais, que devem ser divulgadas pelas empresas mais próximo ao evento (Foto: Arquivo/ AT)
Salão do imóvel em edição antes da pandemia do novo coronavírus: estandes lotados. Para este ano, os compradores terão acesso a ofertas especiais, que devem ser divulgadas pelas empresas mais próximo ao evento (Foto: Arquivo/ AT)

O 27º Salão do Imóvel, organizado pela Associação das Empresas do Mercado Imobiliário do Espírito Santo (Ademi-ES), já está em fase de adesão de imobiliárias interessadas. O evento, que será 100% online pela primeira vez, acontece entre os dias 10 e 30 de novembro.

A plataforma vai oferecer uma variedade de tipos de imóveis, de acordo com o presidente da Ademi, Sandro Carlesso.

“Vai ter lançamentos, imóveis ainda em construção e os já prontos para morar. Também teremos salas comerciais e loteamentos”, enumerou.

A edição deste ano ainda vai trazer outra novidade, segundo o presidente da Ademi-ES.

“Nós preparamos uma condição especial para que as empresas ofereçam até 20 imóveis de terceiros, que já estão à venda nas imobiliárias”, destacou Carlesso.

“Pelo que estamos analisando no mercado de lançamentos da Grande Vitória, a grande aposta serão os apartamentos de dois quartos, inclusive do programa ‘Minha Casa Minha Vida’. Esse deve ser o modelo mais oferecido e o mais procurado pelos clientes”.

As compras vão funcionar da seguinte forma: os interessados poderão fazer buscas pelo tipo de imóvel, por localização ou pelo valor que estão dispostos a gastar.

Ao encontrar opções de seu interesse, o comprador vai deixar o contato. As próprias empresas, então, vão se comunicar com os possíveis clientes por telefone, aplicativos de mensagens ou e-mail, o que for mais conveniente.

No ano passado, o Salão do Imóvel foi realizado de forma híbrida, parte física, parte digital. “Tivemos uma boa adesão”, lembrou Carlesso. “As vendas on-line começaram 20 dias antes do evento presencial. O saldo foi de R$ 60 milhões em negócios fechados”, afirmou o empresário.

Expectativa

Com o sucesso do evento em 2019, a expectativa de vendas para este ano é positiva.

Apesar da crise econômica, consequência da pandemia do novo coronavírus, o mercado imobiliário tem se beneficiado com a queda da taxa Selic e condições favoráveis de crédito e financiamento.

“Nós acreditamos que a visitação vai ser maior em comparação aos anos anteriores. Depois do contato das empresas com os clientes, a negociação poderá ser feita nos escritórios das imobiliárias”, explicou Carlesso.

Os compradores terão acesso a ofertas especiais, que devem ser divulgadas com a proximidade do evento. O endereço é o www.salaodoimovel.com.br.


SAIBA MAIS


Data

  • De 10 a 30 de novembro de 2020

Plataforma

  • As vendas serão feitas pelo site www.salaodoimovel.com.br

Como funciona

  • Os compradores poderão fazer buscas no site
  • As buscas podem ser por tipo de imóvel, localização ou valor
  • Ao encontrar imóveis de interesse, o comprador deixa seu contato. A empresa vai contatar o cliente

Ofertas especiais

  • Comprador terá acesso a preços e condições especiais

Imóveis oferecidos

  • Lançamentos
  • Imóveis em construção
  • Imóveis prontos para morar
  • Salas comerciais
  • Loteamentos
  • Imóveis de terceiros

Destaque

  • Os imóveis mais vendidos devem ser os apartamentos de dois quartos, especialmente no programa “Minha Casa, Minha Vida”

Novidades

  • Este ano, o evento será 100% digital
  • A organização terá condições especiais para que as empresas ofereçam até 20 imóveis de terceiros, que já estão à venda nas imobiliárias

Momento favorável

  • A baixa taxa Selic, inflação estável e boas condições de crédito beneficiam o mercado e o comprador

Fonte: Ademi-ES.


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados