search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Sábio é quem aprende com a experiência alheia
Tribuna Livre

Sábio é quem aprende com a experiência alheia

Na semana passada, tivemos por aqui, nos Estados Unidos, a celebração do famoso feriado de Thanksgiving (Dia de Ação de Graças, destinado a agradecer a Deus os bons acontecimentos do ano). Aproveitamos a oportunidade para visitar amigos que moram em Nova Iorque.

A Big Apple, como é conhecida Nova Iorque, dá inúmeras aulas de gestão a quem percorre suas ruas e avenidas com o olhar atento. A cidade mais populosa dos EUA e uma das áreas metropolitanas mais povoadas do mundo recebe cerca de 60 milhões de visitantes todos os anos.

A Times Square, região onde se concentram os famosos teatros da Broadway, é um dos cruzamentos de pedestres mais movimentados do mundo.

Ainda assim, apesar de toda essa aglomeração (ainda mais acentuada, em razão do feriado), conseguimos, eu e minha família, percorrer, com tranquilidade, cerca de 8 quilômetros andando por alguns dos principais pontos turísticos da cidade.

O primeiro bom exemplo que salta aos olhos é a boa acessibilidade de Nova Iorque. Como estávamos com nossa filha de 9 meses, o carrinho de bebê era um item obrigatório e, por incrível que pareça, em nada nos atrapalhou.

Há acessos para carrinhos e cadeiras de rodas em absolutamente todas as ruas e calçadas. Além disso, seu sistema de metrô, diferentemente do que ocorre na maior parte do mundo, foi projetado para funcionar initerruptamente.

No que tange à segurança, Nova Iorque também dá um show! Desde 2005, apresenta a menor taxa de criminalidade entre as 25 maiores cidades americanas.

O Departamento de Polícia é a maior força policial municipal do mundo e tem como missão declarada garantir o cumprimento das leis, preservar a paz, reduzir o medo e proporcionar um ambiente seguro.

Com mais de 50.000 servidores (policiais e administrativos) o NYPD, como é conhecido, tem cumprido com maestria sua missão. É impossível andar mais de 5 minutos pelas ruas de Nova Iorque sem “trombar” com um policial ou com uma viatura. A sensação de segurança é total!

Para sustentar a boa qualidade dos serviços oferecidos à população e aos turistas, a economia da cidade é extremamente diversificada. Apenas a título de exemplos, podemos citar o Porto de Nova Iorque, que movimentou, em 2017, um volume recorde de carga.

Multinacionais, teatro, moda, imóveis, pesquisa, tecnologia médica, instituições sem fins lucrativos, universidades e outros ramos de negócios também contribuem para a pujança da cidade.

O turismo é uma das principais atividades econômicas e gerou, em 2014, uma alta histórica de mais de 61 bilhões de dólares (R$ 255 bilhões) em impacto econômico para a cidade.

Em 2017, Nova Iorque registrou o menor número de homicídios, desde 1951, quando era considerada uma das cidades mais violentas dos EUA.

Investimentos em tecnologia, ferramentas de gestão aplicadas à segurança pública (Compstat) e um incremento considerável nas forças de segurança da cidade foram alguns dos elementos chaves para essa transformação.

Exemplos como o de Nova Iorque podem e devem ser usados nas cidades e estados brasileiros.

Adequando os orçamentos, explorando as vocações econômicas de cada região e utilizando ferramentas de gestão que têm dado certo em outros locais do mundo podemos ganhar tempo, poupar o dinheiro dos contribuintes e o melhor de tudo, oferecer os serviços que a sociedade brasileira espera e merece!

EUGÊNIO RICAS é delegado federal, adido da Polícia Federal nos EUA e mestre em Gestão Pública pela Ufes.

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora
esqueceu a senha?

últimas dessa coluna


Exclusivo
Tribuna Livre

A explosão no Porto de Beirute e a sobrevivência no Líbano

Não fosse a explosão do Porto de Beirute uma tragédia em si, as condições a que estava submetido o Líbano, seja do ponto de vista econômico, dada a crise financeira expressa na desvalorização de 80% …


Exclusivo
Tribuna Livre

A violência doméstica durante a pandemia

Devido ao isolamento social na pandemia da Covid-19, houve um aumento da violência doméstica. A Lei 11.340, de 7 de agosto de 2006 – que completa 14 anos hoje –, mais conhecida como Lei Maria da …


Exclusivo
Tribuna Livre Nutridicas

Cuidados com a alimentação para manter a saúde do paizão

Os homens estão cada vez mais cuidando da sua beleza, mas... e com relação à saúde, como estão? Será que estão tão ligados assim? Não há como negar que os cuidados com a saúde devem estar presentes …


Exclusivo
Tribuna Livre

Privatização do Porto de Vitória volta a ser discutida

A privatização do sistema portuário capixaba voltou a ser pautada. O ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, afirmou que em outubro, provavelmente, será realizada uma consulta pública para a …


Exclusivo
Tribuna Livre

Afastem-se logo dos milagreiros tributários

Em meio à grave crise econômica que assola o Brasil e o mundo, empresas se veem cada vez mais descapitalizadas e diante de uma equação que leva à pena de morte: inadimplência e custos cada vez mais …


Exclusivo
Tribuna Livre

Cuide da saúde do seu coração durante o isolamento social

Nesses tempos de distanciamento social, quem possui alguma doença cardiovascular deve redobrar a atenção com a saúde. De acordo com dados divulgados pela Sociedade Brasileira de Cardiologia, as …


Exclusivo
Tribuna Livre

Mudanças de hábito valorizam a importância do papel

As embalagens estão cada vez mais no radar das empresas. Seja papel cartão, papelão ondulado ou nos moldes de leite longa vida, as embalagens de papel têm se tornado a menininha dos olhos no mundo …


Exclusivo
Tribuna Livre

A sociedade precisa saber mais sobre a agricultura familiar

Não há governante que, nos dias atuais, consciente do seu papel, não compreenda a necessidade de se investir num setor tão importante para o povo brasileiro. Muito se fala em manutenção do homem …


Exclusivo
Tribuna Livre

Novos modos de vida e a “economia de baixo contato”

Enquanto algumas tendências sinalizam movimentos socioculturais ou respostas para os desafios globais persistentes, outras emergiram do contexto específico da pandemia da Covid-19. A tendência da …


Exclusivo
Tribuna Livre

Trezena de Santo Antônio muda de data sem perder a vocação

Há quase oito décadas, com festivas solenidades, é pela primeira vez que a Trezena de Santo Antônio deixou de acontecer nos 13 dias do mês de junho, na Paróquia e Santuário-Basílica, em Vitória. A …


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados