search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Robô mais moderno do mundo chega ao Espírito Santo

Notícias

Cidades

Robô mais moderno do mundo chega ao Espírito Santo


Médico fica distante do paciente durante cirurgia robótica com Da Vinci Xi (Foto: Divulgação)
Médico fica distante do paciente durante cirurgia robótica com Da Vinci Xi (Foto: Divulgação)

O robô cirúrgico Da Vinci Xi, considerado o mais moderno do mundo, chegou a solo capixaba ontem. A tecnologia, vinda dos Estados Unidos, permitirá a execução de cirurgias complexas utilizando métodos menos invasivos.

Na próxima segunda-feira, o equipamento chega ao hospital Santa Rita, onde será instalado. O robô poderá ser utilizado em cirurgias como de vesícula, endometriose, bariátrica e intestinal, e também em casos de tumores de próstata, renais e ginecológicos, além de prolapsos genitais.

Mas, segundo o urologista e diretor clínico do hospital, Alexandre Tironi, devido à pandemia do novo coronavírus, a previsão é de que ele comece a ser usado apenas na última semana de abril ou em maio.

“O resultado final de uma cirurgia com o robô é o mesmo de um procedimento tradicional. No entanto, o Da Vinci Xi traz várias vantagens, como a diminuição do tempo de internação, da dor após a operação e das chances de se precisar e transfusão de sangue.”

Para o cirurgião geral e do aparelho digestivo Robert Stephen Alexander, o aparelho traz vantagens ergonômicas para o cirurgião, como a melhora da postura, e “poderá aumentar o tempo de carreira de muitos profissionais”.

Cariacica

O hospital Meridional Cariacica também vai receber o Da Vinci Xi. A previsão é que o robô chegue à unidade entre o final de março e o início de abril. Mas, devido à pandemia, pode haver atraso.

Para o chefe da equipe de transplante hepático do Meridional, Gustavo Peixoto Soares Miguel, a cirurgia robótica traz benefícios para todas as operações do hospital.

“Com ela, há a implantação de vários protocolos de segurança e mudanças na infraestrutura dos hospitais, permitindo a incorporação de novas tecnologias.”

Para todos os especialistas ouvidos pela reportagem, a única desvantagem das cirurgias robóticas é o alto custo do equipamento.


Como funciona

> Ao chegar aos hospitais, o robô Da Vinci Xi passará pelo processo de instalação.

> Os médicos já estão recebendo treinamento para cirurgias robóticas, utilizando simuladores.

> Durante a operação, é o cirurgião que conduz o robô. Para isso, ele realiza movimentos controlados por um equipamento chamado console, que os interpreta e faz com que o robô execute as ações.

> O cirurgião está no controle o tempo todo e o robô segue os comandos do médico.

Como é o robô

> Possui quatro braços articulados, com amplitude maior que a das mãos humanas, que atuam diretamente no paciente.

> Tem controle ergonômico, que filtra qualquer tipo de tremor natural do ser humano e traduz todo movimento feito pelas mãos do cirurgião, para que seja mais preciso.

> Possui sistema de vídeo de alto desempenho.

> Tem imagens em 3D HD.

> Aumenta a eficiência e a segurança da cirurgia.

> As incisões realizadas nas cirurgias robóticas são bem menores, já que os instrumentos inseridos no paciente são pinças localizadas nos braços robóticos.

> Em cirurgias comuns, as incisões são maiores, visto que o médico precisa colocar as mãos para realizar o procedimento.

Fonte: Especialistas consultados.
 


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados