search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Ricky Martin lança “PAUSA”, EP com colaborações de Sting e outros
Publicidade | Anuncie

Música

Ricky Martin lança “PAUSA”, EP com colaborações de Sting e outros


 (Foto: )
(Foto: )

Surpresinha de Ricky Martin, pessoal. O cantor lançou um EP intitulado “PAUSA”, primeira parte de um novo projeto. O extended play traz seis canções e colaborações poderosas.

Tem feat. com Sting em “Simple”, Carla Morrison em “Recuerdo”, Pedro Capó em “Cae de Una”, Diego El Cigala em “Quiéreme”, Bad Bunny e Residente em “Cántalo” e a faixa “Tiburones” é solo.

“No momento em que recebi as canções masterizadas, senti que não queria seguir o processo tradicional de lançar um álbum, ou seja, esperar semanas e fazer uma grande agenda de promoção. Pela primeira vez na minha carreira, eu quis fazer assim e deixar o fator surpresa fazer sua mágica. O que vão encontrar nesse EP é a transparência, pureza, romantismo, nostalgia e um monte de vida”

“PAUSA” dá início a um projeto do cantor, que na segunda fase lançará “PLAY”. Além das músicas, a Fundação Ricky Martin iniciou a segunda fase de apoio as comunidades vulneráveis em Porto Rico e na República Dominicana, que estão em alto risco por conta da pandemia. Clique aqui para ajudar.

“Agora todos temos tempo. Muito tempo. Estamos em pausa”, compartilhou Ricky em entrevista coletiva por Zoom com jornalistas brasileiros nesta semana. “Moro os Los Angeles e estou fazendo a quarentena aqui com a minha família. É importante ficar hermético, sabe? Eu tenho a sorte de que posso trabalhar em casa e fazer música, que é meu remédio”, ressaltou o artista.

Ainda sobre o processo de feitura do material, Ricky revelou que muito já se desenvolveu durante o atual período de quaretena. “Quando começou a quarentena, o disco não tinha colaborações, só as com Bad Bunny e Residente. E no meio da loucura, nos primeiros quinze dias da quarentena, pensei ‘algo bom tem que sair disso aqui’, e comecei a ligar para os amigos. Até pra contar que também estava nervoso com tudo. E mandei um e-mail pro Sting, porque ele não gosta de falar no telefone, e falei pra ele ‘acho que algo bom tem que sair disso tudo e adoraria fazer algo com você’. E aí ele disse sim! A gente já se conhecia, mas nunca tínhamos estado num estúdio juntos”, contou com brilho no olhar.


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados