search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

"Retorno presencial das aulas é uma irresponsabilidade", diz entidade de escolas municipais do Estado

Notícias

Publicidade | Anuncie

Coronavírus

"Retorno presencial das aulas é uma irresponsabilidade", diz entidade de escolas municipais do Estado


Crianças em sala de aula adaptada para atividades presenciais e a distância (Foto: Leone Iglesias/AT)
Crianças em sala de aula adaptada para atividades presenciais e a distância (Foto: Leone Iglesias/AT)

A União Nacional dos Conselhos Municipais de Educação do Espírito Santo (UNCME-ES) irá acionar o Ministério Público Estadual para questionar o retorno das aulas presenciais nas unidades escolares, caso isso se confirme no mês que vem.

Esse acionamento, como explica o presidente da entidade, Júlio César Alves dos Santos, vai acontecer um dia após a retomada das aulas. “Esse retorno presencial é uma irresponsabilidade”.

Segundo ele, as ações necessárias para a prevenção e preservação da saúde de todos ultrapassam as condições estruturais disponibilizadas pelos municípios e que a sintonia necessária entre as secretarias municipais de Saúde e Educação para articulação de uma política de prevenção da Covid-19 “está falha e ineficiente”.

Em nota pública, a entidade diz que o retorno presencial contraria as discussões feitas no Fórum Estadual de Educação do Espírito Santo, que rechaçou “qualquer tentativa ou intenção de retorno das aulas presenciais, sem a devida segurança sanitária, pedagógica e estrutural nas escolas”.

A entidade afirma ainda que seu posicionamento é de defesa da vida, “de forma incondicional”, não convergindo com a ideia de que há um cenário seguro para um eventual retorno às aulas presenciais.

Além disso, lamenta que o comitê que estuda a possibilidade de retorno às aulas presenciais não conta com representação dos Conselhos Municipais de Educação.
 

Entrar no grupo do WhatsApp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna Online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp.


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados