search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Retorno irregular em avenida
Qual a Bronca?

Retorno irregular em avenida

Rua José Cassiano dos Santos, no bairro Fradinhos, em Vitória:  motoristas desrespeitam as leis de trânsito (Foto: Fábio Nunes/AT)
Rua José Cassiano dos Santos, no bairro Fradinhos, em Vitória: motoristas desrespeitam as leis de trânsito (Foto: Fábio Nunes/AT)

“É cada vez maior o número de motoristas que desrespeitam as leis de trânsito e fazem o retorno irregular na rua José Cassiano dos Santos, no bairro Fradinhos, em Vitória”, denuncia o consultor de vendas Eduardo Oliveira, que reside no bairro Tabuazeiro, também na capital.

Segundo ele, do trecho entre a entrada de Tabuazeiro até o trevo de Fradinhos, sentido Centro e vice-versa, é proibido fazer o retorno na pista. Existem dois pontos de retornos: um no próprio trevo, próximo à padaria Monza e outro no início da avenida Cel. José Martins de Figueiredo, em frente ao posto de combustíveis.

“Entretanto, motoristas insistem em retornar na pista, na altura do clube Anchietinha e do restaurante Intervalo”.

Eduardo afirma que todos os dias, principalmente nos horários de maior movimento, é normal ver motoristas retornando na própria pista nos dois sentidos da via, tanto em direção a Maruípe como no sentido Jucutuquara.

“Peço que a prefeitura melhore a fiscalização ou instale grades ou gelos baianos para impedir a conversão irregular na via”.

A Secretaria de Transportes, Trânsito e Infraestrutura Urbana de Vitória agradece a colaboração do morador e informa que enviará, nesta semana, uma equipe de Educação para o Trânsito e técnicos ao local indicado para orientar os motoristas e estudar o que pode ser feito para evitar acidentes.

Informa, ainda, que a secretaria faz campanhas educativas regulares com orientações e distribuição de material, além de fazer abordagens e sensibilizar motoristas, pedestres e ciclistas durante todo o ano.

O que diz o leitor

Eduardo disse ser preciso ações. “Um carro retornou na frente da moto do meu pai, ele caiu e por pouco não morreu”

Nova Rosa da Penha I

Sala de repouso
Ediane Mariano Neto, secretária

“A sala de repouso para os pacientes no PA do bairro é muito precária. Não há ventilação adequada e o calor é intenso”.

A Secretaria de Saúde de Cariacica esclarece que a reforma do Pronto Atendimento de Nova Rosa da Penha l está programada para o primeiro semestre de 2020. No local será instalado ar-condicionado em todos os ambientes.

Costa Dourada

Rua abandonada e cheia de buracos

Rua abandonada e cheia de buracos (Foto: Antonio Carlos Aprígio)
Rua abandonada e cheia de buracos (Foto: Antonio Carlos Aprígio)

“O bairro Costa Dourada tem 40 anos e está abandonado. Uma das situações mais críticas ocorre na rua Kaffa Saad, onde valetas profundas dificultam a circulação de veículos e causam prejuízos. Um conhecido caiu com seu carro dias atrás. Nesta rua passam, inclusive, veículos escolares.

A Secretaria de Obras da Serra afirma que está elaborando projeto de drenagem e pavimentação para o bairro e a rua citada será contemplada.

Mucuri

Tampas em caixas
Marcelo Mendes Blunck, servidor público

“Há tempos aguardamos a colocação de tampas nos poços de visita das ruas Pinheiros e Santa Terezinha”.

A Secretaria de Serviços de Cariacica explica que uma equipe foi enviada ao local e está realizando a troca das tampas, assim como a desobstrução total da rede na área.

Jardim da Penha

Fruto pesado
Rafael Barboza, aposentado

“Uma árvore de origem africana continua representando risco para moradores na rua José Neves Cipreste. Tem cinco metros de altura e dela caem frutos de até 8 quilos e um acidente pode ocorrer”. A Secretaria de Meio Ambiente de Vitória informa que constatou a necessidade de poda da árvore e não da retirada da espécie. O serviço foi realizado por uma equipe ontem, dia 21.

Jardim Carapina

Coleta de lixo
Denisia Ribeiro, técnica em enfermagem

“Há muito lixo acumulado ao longo da rua de acesso ao bairro. Até lixo hospitalar foi descartado em meio a entulhos”. A Secretaria de Meio Ambiente da Serra enviou uma equipe de fiscalização ao local. O responsável foi notificado para retirar o material e dar a destinação adequada e foi multado.

Cartas

Ciclovia

Faço parte de um grupo de senhores que todas as quartas-feiras sai da praça Miguel Angelo às 7 horas para pedalar pelos arredores do município da Serra.

Há mais de 10 anos este nosso grupo “Pedala Laranjeiras” vem reinvindicando junto à municipalidade a reconstrução da ciclovia, que liga nosso bairro a Jacaraipe, incluindo o trecho da rotatória em frente ao Hospital Dório Silva.

Para nossa surpresa, a obra teve inicio este ano, embora em ritmo lento. Esperamos que o nosso prefeito não deixe a gente ver navios nesta empreitada.

Ivo Luiz Patrocinio
Parque Res. Laranjeiras - Serra

Verdade

A declaração do general Augusto Heleno Ribeiro, ministro do Gabinete de Segurança Institucional, sobre a prática de chantagem de parlamentares do Senado e da Câmara dos deputados, exigindo do governo pagamentos de emendas apresentadas pelas bancadas, no mesmo ano, causou grande nervosismo no Parlamento que não suporta ouvir a verdade.

Quando se libertarem da redoma parlamentar, por certo ouvirão a voz do povo que é semelhante ao que afirmou o senhor Heleno.

Daniel da Costa
Centro – Domingos Martins

Escarnecedores

As sagradas escrituras nos alertam sobre como os escarnecedores serão ousados nos últimos tempos. Muitos estão assombrados com o comportamento deles. Logo estarão diante de Deus para serem julgados.

Hoje, estão arrogantes e gozando da admiração daqueles a quem iludem, mas logo serão humilhados, porque Deus não se deixa escarnecer. “Tudo o que o homem semear, isso também colherá”.

Cleovanis Felix da Silva
Itaquari – Cariacica

Armas

Beneficiados por leis, bandidos perigosos são libertados para logo em seguida serem presos. Ora portando fuzis, ora com drogas. Enquanto os loroteiros iludem o povo com a falácia de que decretos que facilitam aquisição de armas de fogo aumentam assassinatos, constata-se o elevado índice de mortes causadas por facas.

Não se vê defensores do desarmamento fazendo protestos ou passeatas para impedir o comércio dessas lâminas cortantes vendidas até por camelôs.

Gastão dos Santos Alves
Bairro BNH – Linhares


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados