search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Reforma tributária com justiça fiscal é o novo desafio do Brasil
Tribuna Livre

Reforma tributária com justiça fiscal é o novo desafio do Brasil

No passado, os choques do petróleo (1973 e 1979) fizeram muito mal à economia brasileira, pois o País era um grande importador e não possuía uma situação externa favorável. Atualmente, por conta das descobertas e extração do petróleo em águas profundas, o cenário é diferente, pois o Brasil tornou-se um exportador de Petróleo.

Os preços combustíveis, até o Governo Dilma, não tinham o mecanismo de reajuste de preços que foi adotado na gestão Pedro Parente(Temer), que se tornou alvo de críticas e de uma greve nacional dos caminhoneiros.

Recentemente, o debate sobre os preços dos combustíveis tornou-se, após o atual presidente transferir a responsabilidade da redução dos preços dos combustíveis para os estados, inflamável.
Em relação às contas públicas, zerar o ICMS e os impostos federais (Cide, PIS, Cofins), provocaria uma importante perda de receita dos estados e elevaria o déficit primário Federal em R$ 27,4 bilhões.

A tributação ad valorem do ICMS afeta, diretamente, o preço do combustível e as receitas dos entes federados, cujos impactos nas contas públicas, dependem da conjuntura de cada estado, atingindo os que encontram-se em situações fiscais vulneráveis.

Talvez seja o momento de propor ao Confaz a transformação do ICMS ad valorem em um imposto com valor específico, dentro de um intervalo de variação no preço internacional e/ou na taxa de câmbio.

A rentabilidade da Petrobras está vinculada ao preço externo, preço interno e taxa de câmbio e, a atual política de ajustar os preços no mercado interno ao preço internacional preserva o retorno dos acionistas e, assim, qualquer aumento no preço, coeteris paribus, elevaria a rentabilidade da mesma.

Porém, se o real continuar se desvalorizando, mesmo que o preço internacional não se altere, haveria pressão para novos reajustes e descontentamento dos consumidores que pagariam a conta, através dos aumentos dos preços dos combustíveis, das passagens de ônibus e dos fretes, podendo ocorrer um novo embate entre os caminhoneiros e o Governo Federal.

Mas se o real se valorizar e os preços internacionais não se alterarem, poderíamos ter reduções nos preços dos combustíveis.

A hipótese de retirar os impostos dos preços dos combustíveis aumentaria a renda real dos consumidores, a demanda por combustíveis e a importação dos mesmos, impactando no desempenho da balança comercial.

Há outras alternativas de se aumentar a renda real, dentre as opções, temos a isenção do imposto de renda pessoa física, para a maioria dos contribuintes brasileiros.
Com tal medida, desde que não haja elevação dos demais impostos indiretos, haveria aumento da renda real dos consumidores, estimulando o crescimento econômico e a geração de empregos.

Está lançado um novo desfio: Reforma tributária com justiça fiscal.

Luis Frechiani é professor e mestre em Economia.

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora
esqueceu a senha?

últimas dessa coluna


Exclusivo
Tribuna Livre

A lei que regula a proteção de dados não deve ser adiada

A proposição de adiamento do início da vigência plena da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), objeto do Projeto de Lei 5.762/2018, em tramitação no Congresso Nacional, significa um lamentável …


Exclusivo
Tribuna Livre

Conde d´Eu nunca deixou de amar o Brasil que o acolheu

A vida de Gastão de Orléans não foi fácil. Aos 5 anos, foi exilado de sua pátria natal, a França, por um golpe republicano que destronou seu avô, o rei Luís Felipe. Uma de suas primeiras lembranças é …


Exclusivo
Tribuna Livre

Meio ambiente e a mudança de comportamento das empresas

Não há como negar que a preocupação com a preservação do meio ambiente se propaga por todo o planeta. A sustentabilidade, a reciclagem de resíduos e materiais, o tratamento e reaproveitamento da …


Exclusivo
Tribuna Livre

A sabedoria do planejamento na empresa e na vida privada

Com a globalização, inovações tecnológicas, políticas econômicas restritivas e inúmeras variáveis que afetam as empresas e nós individualmente, temos de intensificar a utilização da mais nobre das …


Exclusivo
Tribuna Livre

Lei de abuso de autoridade e a independência da magistratura

Está em pleno vigor a Lei nº 13.869, de 5 de setembro de 2019, que “define os crimes de abuso de autoridade, cometidos por agente público, servidor ou não, que, no exercício de suas funções ou a …


Exclusivo
Tribuna Livre

Educação financeira é aliada no combate ao endividamento

Dados da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) indicam que cerca de metade dos brasileiros (48%) tiveram o CPF negativado em pelo menos …


Exclusivo
Tribuna Livre

É tempo de falar e debater a sexualidade na adolescência

A campanha lançada pelo Governo Federal de prevenção à gravidez adolescente, “Tudo tem seu tempo”, tem como principal mensagem a abstinência sexual como método contraceptivo. No entanto, é possível …


Exclusivo
Tribuna Livre

Carnaval tem raízes psicológicas, sociais e culturais

O Carnaval é uma grande festa popular, vivenciada na alma do povo, revelando profundos sentimentos. As músicas de Carnaval e os sambas de enredo das escolas de samba, elaborados por verdadeiros …


Exclusivo
Tribuna Livre

A inteligência emocional e as tempestades que enfrentamos

As chuvas e enchentes que castigaram nosso Estado, neste começo de ano, podem servir de inspiração para analisarmos as tempestades de nossas vidas e a maneira com que lidamos com elas. Há mais …


Exclusivo
Tribuna Livre

Coronavírus se espalha na velocidade de trem-bala e avião

Nenhuma pandemia espalhou tanto terror quanto a peste negra, doença transmitida a humanos por pulgas de ratos portadores da bactéria Yersinia pestis, que matou mais de 20% da população mundial, entre …


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados