search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Receita ainda avalia prorrogar prazo da declaração
Cláudio Humberto
Cláudio Humberto

Cláudio Humberto


Receita ainda avalia prorrogar prazo da declaração

A Receita Federal do Brasil ainda não se mostrou sensível às dificuldades geradas pela pandemia do coronavírus, em relação ao adiamento ou suspensão dos prazos para entrega das declarações de Imposto de Renda deste ano. Ainda está matutando, enquanto os prazos correm. Questionada na segunda-feira (23), confirmou apenas que “está avaliando”. Lacônica, sua assessoria informa: “Não há definição”.

IR em maio

O secretário da Receita, José Tostes, recebeu no dia 20 de março um pedido do Sindicato dos Auditores Fiscais para ampliar o prazo para 31 de maio.

Coronavírus dificulta

Segundo o Sindifisco, a pandemia do vírus e as medidas impostas para combatê-lo podem dificultar o recolhimento de documentos do IR.

Vai e vem

O secretário José Tostes teve de desmentir informações de que o prazo foi prorrogado. A negativa foi interpretada como definitiva. Só que não.

6 milhões já declararam

Apesar das dificuldades, a Receita já recebeu cerca de 6 milhões de declarações e deve receber mais 26 milhões até o fim do prazo.

Prorrogação expõe inutilidade da Justiça Eleitoral

Uma das maiores vantagens da “coincidência de mandatos”, a partir de 2022, com eleições somente a cada quatro anos, é reabrir o debate sobre a extinção da Justiça Eleitoral, jabuticaba brasileira que nos custa R$6 bilhões por ano. Já se conversa no Congresso sobre o adiamento das eleições de outubro, em razão do coronavírus, e a prorrogação de mandatos por alguns meses, até que a pandemia desapareça. Ou até 2022, como pretende proposta de emenda que tramita no Congresso.

Campanha não dá

A alegação pelo adiamento das eleições é a impossibilidade de fazer campanha, comício, corpo-a-corpo, beijar criancinhas etc.

Sem horário gratuito

Bolsonaro defende a coincidência de mandatos de presidente a vereador a cada 4 anos. O cancelamento do horário gratuito é outra vantagem.

Fundão de menos

O fim de eleições a cada 2 anos faria o País economizar, começando pelos R$2,7 bilhões do indecoroso fundação eleitoral.

Não é nenhuma Suíça

Quem imagina que a Suíça é uma Suíça, lá os supermercados só admitem 50 clientes por vez e apenas um comprador para cada corredor de gôndolas. E ainda há limite no número de produtos, na compra.

Que vergonha

Causou indignação em Brasília uma ação oportunista da OAB-DF, junto a criminalistas milionários, para beneficiar a clientela soltando todos os presos do semiaberto no DF. Para essa gente, a população tem mais é que ficar “presa”, em recolhimento domiciliar, e os bandidos soltos.

Dia de show

Funcionários da área pública de saúde deram um show de competência, no primeiro dia de vacinação. Em Brasília, postos de vacinação drive thru foram um sucesso.

Ordem de cima

Em tempo de coronavírus, a “agência reguladora” Aneel se finge de morta, à espera de quem manda, as empresas, mas segue inflexível na intolerância a atrasos no pagamento da conta de luz. Não pagou cortou.

Esforço binacional

As diretorias brasileira e paraguaia de Itaipu tomaram medidas para combater o coronavírus, incluindo a suspensão de visitas e a liberação do trabalho de aprendizes e pessoas com mais de 60 anos.

Empresa tipo goleiro Bruno

Após matar o Rio Doce e reincidir em Brumadinho, causando a morte de quase 300 pessoas com barragens malcuidadas, a mineradora Vale tenta se fazer de simpática, doando kits de testes para o coronavírus.

Vírus e eleição, tudo a ver

Os efeitos do coronavírus nas eleições já aparecem: em Teotônio Vilela (AL), a Justiça decretou a indisponibilidade de bens do prefeito Joãozinho Pereira (MDB) por fazer promoção pessoal com coronavírus.

Pergunta na trincheira

No “orçamento de guerra” que imaginou, Rodrigo Maia vai abrir mão da mordomia do jatinho da FAB no qual já fez mais de 700 viagens?

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora
esqueceu a senha?

últimas dessa coluna


Exclusivo
Cláudio Humberto

Área pública impõe sacrifícios, e se finge de morta

Representado pelos Três Poderes, o setor público cria leis e decretos e só comunica ao setor privado, que o sustenta, quanto vai custar a crise em empregos suprimidos e empresas quebradas. Inventam …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Reprovação de 52% fez Bolsonaro mudar atitude

A população está muito insatisfeita com a conduta de Jair Bolsonaro no enfrentamento do coronavírus, como mostram pesquisas devastadoras, daí a sua decisão de melhorar o discurso. Ele agora …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Exclusivo: “isolamento social” tem apoio de 81,1%

Levantamento exclusivo encomendado pelo site Diário do Poder à Orbis Pesquisa sobre as consequências da pandemia do coronavírus, mostra que 81,1% dos entrevistados dizem ser favoráveis ao “isolamento …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Mandetta gera ciúmes e governo altera estratégia

A crise do coronavírus acabou por revelar, por seu protagonismo, a nova liderança política nacional do ministro Luiz Henrique Mandetta (Saúde), cujo nome já supera outros bolsonaristas, como o …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Nem a tragédia rondando fez o Senado trabalhar

Os senadores não abrem mão de prerrogativas e nem muito menos dos R$210 mil que custam por mês, em média, mas, na hora de mostrar serviço, a porca torce o rabo. Optaram por não trabalhar, …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Médicos do DF terão videoconferência com Wuhan

"O homem do campo está sendo um herói nessa hora”, Presidente Bolsonaro, sobre o produtor rural que continua produzindo alimentos em tempos de coronavírus. Médicos do DF terão videoconferência …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Corte de 50% no Sistema S pode aprofundar a crise

O corte de metade dos recursos das entidades do Sistema S durante três meses pode sair muito mais caro para o País que os R$ 2 bilhões que o ministro Paulo Guedes (Economia) pretende “poupar” para as …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Brasil já repatriou 6.700, mas ainda faltam 7.300

O governo mobiliza suas representações diplomáticas em todo o mundo no esforço repatriar turistas brasileiros surpreendidos pelo fechamento de fronteiras em diversos países. Até agora, já foram …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Bolsonaro cai na armadilha e põe Doria em 2022

Convidado a participar da reunião com o presidente da República por videoconferência, o governador de São Paulo, João Doria, começou sua intervenção tentando crescer para cima de Jair Bolsonaro, …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Aéreas levam turistas a serem barrados em Lisboa

Diplomatas da embaixada e do consulado-geral do Brasil, empenhados 100% em garantir o retorno ao Brasil dos retidos em Lisboa, estão perplexos. É que as empresas aéreas continuam levando brasileiros …


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados