search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Queridinhos da crítica chegam em junho em plataforma de filmes

Entretenimento

Publicidade | Anuncie

Entretenimento

Queridinhos da crítica chegam em junho em plataforma de filmes


“Espero a Tua (Re) Volta”, documentário premiado da cineasta brasileira Eliza Capai, estreia no próximo dia 8 (Foto: Divulgação)
“Espero a Tua (Re) Volta”, documentário premiado da cineasta brasileira Eliza Capai, estreia no próximo dia 8 (Foto: Divulgação)

Especiais, retrospectivas e novidades aclamadas pela crítica especializada chegam à Mubi no mês de junho. A plataforma dedicada ao cinema de arte, com curadores que escolhem seus títulos, exibirá uma nova história a cada dia.

Entre as novidades está “Espero a Tua (Re) Volta”, da cineasta brasileira Eliza Capai, vencedor do prêmio da Anistia Internacional e Prêmio da Paz, no Festival de Berlim em 2019.

O especial “Foco em Sacha Guitry” destaca três comédias do cineasta russo radicado na França: “O Novo Testamento”, “Faison um Rêve... (Let’s have a dream)” e “O Meu Pai Tinha Razão”.

Destaque também para “Não Pense Que Eu Vou Gritar”, longa de estreia do francês Frank Beauvais, de 2019, sobre a vida de um homem solitário na Alsácia.

As diretoras canadenses Sofia Bohdanowicz e Deragh Campbell vêm com o drama “MS Slavic 7”, sobre uma jovem que encontra cartas perdidas de sua bisavó num arquivo de Harvard.

“O Dia Depois Que Eu Partir”, primeiro longa do israelense Nimrod Eldar, de 2019, esteve na 43ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo, e aborda o relacionamento de um pai com a filha adolescente, em Tel Aviv.

A “Retrospectiva Straub-Huillet” celebra a parceria entre Jean-Marie Straub e Danièle Huillet, com a estreia da restauração exclusiva de um dos filmes mais celebrados da década de 1990: o drama “Gente da Sicília”.

Entre outros destaques do mês estão: “O Dono da Noite”, que consagrou Paul Schrader, estrelado por Susan Sarandon e Willem Dafoe; “Assassinato”, o terceiro longa sonoro de Alfred Hitchcock.

“O Fundo do Coração”, musical de Francis Ford Coppola, é considerado por alguns críticos como seu melhor filme; “A Terceira Geração”, de Rainer Werner Fassbinder, e “O Mistério de Picasso”, de Henri-Georges Clouzot, vencedor do Prêmio Especial do Júri no Festival de Cannes de 1956.


O que vem por aí


  • “Olla” (2019)
    Estreia da atriz Ariane Labed como roteirista e diretora. Dramático e intenso, oferece um novo olhar sobre a erótica feminina. Dia 1º.
     
  • “Os Galhofeiros” (1930)
    Capitão Spaulding acaba de retornar da África. Durante uma festa, um valioso quadro desaparece. O explorador tentará resolver o crime. Dia 2.
     
  • “Girimunho” (2011)
    Estreia da dupla de diretores brasileiros Marins Jr. e Clarissa, foi exibido nos festivais internacionais de Veneza, Toronto e Rotterdam. Dia 3
     
  • “A Vizinhança do Tigre” (2014)
    Vencedor da Mostra de Cinema de Tiradentes em 2014, mostra o cotidiano de quatro jovens de Contagem, Minas Gerais. Dia 4.
     
  • “A Proletarian Winter's Tale” (2014)
    O primeiro longa de Julian Radlmaier aborda, de forma cômica, a sociedade de classes. Dia 5.
     
  • “As Hiper Mulheres” (2011)
    A comunidade indígena do Alto Xingu e seu maior ritual feminino, o Jamurikumalu. Dia 6.
     
  • “Sol Alegria” (2018)
    Pastores ocupam os cargos políticos, o apocalipse está próximo e uma família comete um atentado. Dia 7.
     
  • “Espero a tua (re)volta” (2019)
    Um poderoso retrato do movimento estudantil que ganhou força a partir de 2015 e ocupou escolas estaduais por todo o Brasil. Dia 8.
     
  • “El mar la mar” (2017)
    Os perigos dos caminhos que imigrantes mexicanos enfrentam ao atravessar o deserto para chegar aos Estados Unidos. Dia 9.
     
  • “E agora? Lembra-me” (2013)
    Uma reflexão sobre a luta de uma pessoa para continuar vivendo e aproveitando a vida, enquanto luta contra o HIV e a hepatite C. Dia 10.
     
  • “Gente da Sicília”
    Um homem siciliano retorna à sua terra natal. Vencedor do Critics Award na 23ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo. Dia 11.
     
  • “Especial Foco em Sacha Guitry”
    A mostra dedicada ao russo exibirá três comédias de 1936: “O Novo Testamento”, no dia 12; “Faisons un rêve...”, dia 13; e “O Meu Pai Tinha Razão”, no dia 19.
     
  • “Coquetel de Assassinos” (1979)
    Alphonse Tram é um jovem desempregado que conhece o assassino de sua falecida esposa. Dia 14.
     
  • “French Dressing” (1964)
    Homem é promovido após sugerir um festival de cinema para atrair turistas. Dia 15.
     
  • “O Dono da Noite” (1992)
    Em uma narrativa existencial de crise profissional, Willem Dafoe e Susan Sarandon se encontram nesse drama idealizado por Paul Schrader. Dia 16.
     
  • “Assassinato” (1930)
    Uma atriz é encontrada junto ao corpo de uma amiga que foi assassinada. Sem memória, é julgada pelo crime no filme de Hitchcock. Dia 17.
     
  • “O Dia Depois Que Eu Partir” (2019)
    O primeiro longa do israelense Nimrod Eldar é uma ode aos relacionamentos problemáticos entre pais e filhos. Dia 18.
     
  • “Popeye the Sailor Meets Sindbad the Sailor” (1936)
    “Popeye”:  indicado ao Oscar (Foto: Divulgação)
    “Popeye”: indicado ao Oscar (Foto: Divulgação)

    Indicado ao Oscar de Melhor Curta de Animação em 1937, o desenho de 17 minutos traz Popeye em mais uma aventura para salvar sua amada Olívia Palito. Dia 20.
     
  • “MS Slavic 7” (2019)
    Um drama que reconecta uma bisneta com a bisavó por meio de cartas esquecidas. Baseada em fatos reais, é instigante e comovente. Dia 21.
     
  • “Uma Lagartixa num Corpo de Mulher” (1971)
    Uma jovem é acusada de assassinar seu vizinho depois de ter um sonho sobre o ocorrido. Ela realmente cometeu o crime? Dia 22.
     
  • “Todas as Manhãs do Mundo” (1991)
    No século 17, um renomado tocador de viola de gamba se isola após a morte da esposa. Mas tudo muda quando vira tutor de um jovem. Dia 23.
     
  • “Sitcom – Nossa Linda Família” (1998)
    Uma família francesa vive em harmonia até ganhar um rato de estimação. Quando entram em contato com o roedor, cada um revela suas perversões. Dia 24.
     
  • “Não Pense Que Eu Vou Gritar” (2019)
    Ao refazer um ano crucial de sua vida, Frank Beauvais entrega por completo seu corpo e alma. Dia 25.
     
  • “Somniloquies” (2017)
    O compositor Dion McGregor ficou famoso na década de 1960 por narrar seus sonhos enquanto dormia. No filme, paisagens de sonhos interiores e corpos humanos. Dia 26.
     

“Paixão Selvagem” (1976)
Uma garçonete solitária se encanta por um caminhoneiro homossexual e insiste no romance que desperta o ciúme no namorado do rapaz. Dia 27.

“O Fundo do Coração”, de 1982 (Foto: Divulgação)
“O Fundo do Coração”, de 1982 (Foto: Divulgação)

  • “O Fundo do Coração” (1982)
  • Considerado por alguns críticos como um dos filmes mais sublimes em toda a sua obra, foi o segundo musical de Francis Ford Coppola. Dia 28.
     
  • “A Terceira Geração” (1979)
    Uma comédia irônica que conclui o pensamento e o olhar político de Rainer Werner Fassbinder sobre a Alemanha Ocidental. Dia 29.
     
  • “O Mistério de Picasso” (1956)
    Inspiração de um gênio está no documentário “O Mistério de Picasso” (1956) (Foto: Divulgação)
    Inspiração de um gênio está no documentário “O Mistério de Picasso” (1956) (Foto: Divulgação)

    Vencedor do Prêmio Especial do Júri no Festival de Cannes de 1956, o documentário sobre Pablo Picasso captura seus grandes momentos de inspiração. Dia 30.

Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados