search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Quem paga pensão tem o direito de saber como valores são gastos
Tribuna Livre

Quem paga pensão tem o direito de saber como valores são gastos

Alicerçando-se nos princípios constitucionais da proteção integral da criança e do adolescente e da dignidade da pessoa humana, o Superior Tribunal de Justiça (STJ) modificou entendimento até então vigente para obrigar uma mãe a prestar contas da destinação dos valores pagos pelo pai a título de pensão alimentícia ao filho incapaz.

Ao interpretar o art. 1.583, § 5º do Código Civil no julgamento do RESP 1.814.639/RS, o STJ declarou que o genitor não guardião que paga pensão alimentícia tem o direito de ajuizar ação de exigir contas para fiscalizar se os valores pagos estão sendo revertidos em proveito dos filhos.

A decisão do STJ preconiza que vigoram na prestação de alimentos deveres jurídicos anexos à boa-fé objetiva, tais como a transparência e a informação. O ordenamento jurídico pátrio, ao conferir poderes para que um terceiro possa gerenciar patrimônio alheio, impõe que o administrador preste contas dos valores despendidos.

Assim ocorre com os tutores e curadores na gestão do patrimônio do tutelado ou curatelado, com os apoiadores na tomada de decisão apoiada, com o inventariante em relação aos bens do espólio e deve também ser observado na administração dos valores recebidos pelo incapaz a título de pensão alimentícia.

Como o genitor guardião administra os valores pagos a título de pensão alimentícia ao incapaz - que é titular destes valores, a transparência na gestão de tais recursos visa tutelar os interesses do próprio incapaz para aferir se as verbas alimentares estão sendo efetivamente empregadas em seu benefício.

Neste contexto, a ação de exigir contas é um importante instrumento para a efetivação do direito do genitor que paga pensão alimentícia de fiscalizar a manutenção, o desenvolvimento e a educação dos filhos, bem como a utilização dos recursos disponibilizados para tanto.

O objetivo da norma é a tutela do incapaz mediante a fiscalização do dispêndio dos valores destinados à sua criação, e não a atribuição de saldo credor ou a condenação do outro genitor ao pagamento de valores. Aliás, os valores pertencem ao incapaz e, via de regra, não são passíveis de restituição.

Caso seja apurada a utilização indevida dos valores pagos, o genitor interessado poderá postular a revisão da pensão, a modificação da forma de pagamento e, em situações nas quais restar identificado o prejuízo ao incapaz, até a alteração da guarda.

A ação de exigir contas deve ser instaurada quando existentes indícios ou fundadas suspeitas de malversação ou desvio dos valores recebidos, não sendo admissível para inflar infundadas e reiteradas perseguições processuais, sob pena inclusive de abuso de direito.

A alteração jurisprudencial representa um avanço na consolidação do direito e do dever do genitor que paga alimentos em obter as informações necessárias para averiguar se os valores pagos estão sendo realmente utilizados para o desenvolvimento sadio das crianças e dos adolescentes, os reais destinatários da tutela constitucional.

Alexandre Dalla Bernardina é advogado, mestre em Direito Constitucional e professor universitário.

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora
esqueceu a senha?

últimas dessa coluna


Exclusivo
Tribuna Livre

A digitalização dos planos de saúde acelerada pela pandemia

Grandes desafios podem provocar grandes revoluções. A necessidade de superar adversidades leva a humanidade a repensar hábitos e valores e a usar todo o seu potencial de criação. Nestes tempos …


Exclusivo
Tribuna Livre

A importância da Lei da Fauna capixaba em tempos de Covid

Em dezembro de 2019, foi sancionada a Lei Estadual de Proteção à Fauna que, dentre outros assuntos, cuida da prevenção de doenças advindas da relação humana com os animais, alertando sobre o perigo …


Exclusivo
Tribuna Livre

Relacionamentos abusivos mais evidentes durante a pandemia

É significativo o aumento de casos de violência doméstica durante o isolamento social. Mas, infelizmente, a pandemia apenas traz à tona questões já presentes. É num momento de excesso ou modificação …


Exclusivo
Tribuna Livre

Peste, indiferença e luta

Quando a peste resolve sair de seu recôndito esconderijo e assombrar a humanidade, o desespero e a indiferença vêm na bagagem. Desespero porque, por mais pestes e guerras que já tenham havido na …


Exclusivo
Tribuna Livre

Racismo no Brasil não gera a mesma repercussão que nos EUA

Os casos no Brasil ligados a crimes de racismo não geram a mesma repercussão que há nos Estados Unidos e para isso há razões muito específicas que justificam a banalização da violência racial no …


Exclusivo
Tribuna Livre

Profissões em alta na pandemia influenciam mercado de estágio

A pandemia do coronavírus desestruturou o mercado de trabalho. Além do aumento do desemprego, que subiu para 12,6% no trimestre encerrado em abril deste ano, segundo dados do Instituto Brasileiro de …


Exclusivo
Tribuna Livre

Renda mínima universal no mundo onde não existe almoço grátis

De repente nos deparamos com emergência de saúde pública internacional, com graves consequências em nosso meio, ocasionando, dentre outras medidas visando minorá-las, a instituição de um auxílio …


Exclusivo
Tribuna Livre

Nos 50 anos do Tri, temos pouco futebol e muita maracutaia

Nesta semana comemoramos o aniversário de 50 anos do Tri. A Copa do Mundo do México, realizada em 1970, foi emblemática! O futebol brasileiro da época era inigualável, fazendo com que nossa seleção …


Exclusivo
Tribuna Livre

Segurança alimentar durante a pandemia é obrigação de todos

A pandemia imposta pela Covid-19 tem nos remetido ao passado, revisitando nossas lembranças de quando nossos pais repetiam diuturnamente para lavarmos as mãos, antes das refeições, de proteger a boca …


Exclusivo
Tribuna Livre

Sebastião Salgado e sua capacidade de nos inspirar

O fotógrafo Sebastião Salgado, ao lançar a Carta Aberta ao Governo Brasileiro, subscrita por personalidades nacionais e internacionais, traduziu a preocupação planetária frente ao risco da entrada do …


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados