search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Quase 600 idosos e funcionários de asilos tiveram coronavírus no Estado

Notícias

Publicidade | Anuncie

Coronavírus

Quase 600 idosos e funcionários de asilos tiveram coronavírus no Estado


Um relatório do Ministério Público do Estado do Espírito Santo (MPES) apontou que 590 idosos e funcionários em Instituições de Longa Permanência de Idosos (ILPIs) tiveram coronavírus. O acompanhamento semanal realizado pelo Centro de Apoio Cível e de Defesa da Cidadania (CACC) indicou mais 123 casos confirmados da doença entre os dias 3 e 10.

“Foram identificadas 314 pessoas idosas residentes nas instituições e 276 funcionários desses locais contaminados”, explicou o MPES.

Os novos casos são de 62 idosos e 61 funcionários. Segundo o Ministério Público, os municípios de “Vila Velha (83), Vitória (54), Serra (33) e Alegre (26) têm mais casos de idosos que testaram positivo para o novo coronavírus. Os maiores aumentos foram registrados em Vila Velha (mais 20 casos), Vargem Alta (13 casos), Bom Jesus do Norte (10) e Alegre (6)”.

 (Foto: iStockphotos)
(Foto: iStockphotos)

Já Barra de São Francisco, no Norte do Estado, e Muqui e Vargem Alta, na região Sul, apresentaram, pela primeira vez, casos confirmados de Covid-19 em ILPIs desde o início da pandemia.

O número de mortes passou de 43 a 51 na semana analisada. Foram oito novas vítimas.

Segundo o MPES, “o CACC realiza o acompanhamento das instituições de longa permanência localizadas em 36 municípios do Estado, duas vezes por semana, às segundas e quintas feiras. São coletados o número de casos suspeitos e confirmados entre os residentes e os trabalhadores, além do número de óbitos das pessoas idosas residentes. O objetivo é garantir a adoção de medidas estabelecidas de prevenção e controle da Covid-19 e, ainda, a oferta da assistência à saúde da pessoa idosa residente em instituições”.
 


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados