search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

“Quando eu tiver uns 30 anos, gostaria de ser mãe”, afirma Anitta

Entretenimento

Publicidade | Anuncie

Famosos

“Quando eu tiver uns 30 anos, gostaria de ser mãe”, afirma Anitta


Anitta comentou seus planos de maternidade: “Se eu quiser voltar depois, eu volto” (Foto: Divulgação/Sam Massey)
Anitta comentou seus planos de maternidade: “Se eu quiser voltar depois, eu volto” (Foto: Divulgação/Sam Massey)
A carreira de Anitta está a todo vapor! Com visibilidade internacional, a cantora acaba de lançar o single “Me Gusta”, onde mistura funk e pagode baiano e que traz as participações da rapper americana Cardi B e do porto-riquenho Myke Towers.

Mas a novidade não impede que a artista de 27 anos faça planos para um futuro próximo. Com mais tempo de pensar na sua vida pessoal, já que hoje conta com uma grande equipe por trás de seu trabalho, ela revela que, depois dos 30, sairá de cena para engravidar.

“Quando eu tiver uns 30 anos, gostaria de ser mãe e parar um pouco. Se eu quiser voltar depois, eu volto. Mas a minha ideia é essa mesmo”, revelou ela, que está solteira, durante coletiva ontem.

Enquanto o momento não chega, a Poderosa dá mais um passo na divulgação de seu novo álbum internacional, produzido pelo requisitado Ryan Tedder, com o lançamento de “Me Gusta”.

A canção que enaltece as mulheres ganhou clipe gravado em lugares históricos de Salvador, Bahia. A direção é de Daniel Russell, que já trabalhou com Justin Timberlake e Jason Derulo.

“A única expectativa que estou criando é do povo brasileiro se sentir bem representado. Contratamos especialista em cultura afro para que a gente mandasse mensagens culturais do Brasil da maneira certa. Tentamos transformar o Pelourinho, que tem um passado de história triste, num lugar que faça essa gente brilhar, exaltando todo tipo de beleza feminina”.

“Isso não significa que estou me achando”, Anitta - cantora

AT2: Qual balanço faz de todos os trabalhos internacionais que já fez?
Anitta: Foi muito positivo. Não gosto de falar que me falta gravar com ninguém, porque seria injusto depois de tudo que aconteceu comigo. Também não estou criando expectativas com números e resultados com essa música. Às vezes, caio nessa falha de criar expectativa da carreira lá fora ser igual à do Brasil. E não pode ser assim.

AT2: O álbum terá mais participações?
Anitta: O feat com Cardi B foi uma surpresa do meu empresário. Estava na Europa quando ele me ligou para aprovar o mix final da música e tinha a voz da Cardi. Fiquei louca!
Estou deixando os feats com minha gravadora e empresário, mas a próxima música não terá. Ano passado, decidi que não ia mais cuidar da minha carreira, não estava aguentando. Foram anos como minha própria empresária, fazia todos os papéis.

A Poderosa em clipe em Salvador (Foto: Divulgação/David Campbel)
A Poderosa em clipe em Salvador (Foto: Divulgação/David Campbel)

AT2: Como é essa nova fase?
Anitta: Estou trabalhando por prazer. Houve um tempo em que lia muito o que as pessoas falavam de mim na internet, isso me deixava triste. Até que resolvi prestar atenção nas coisas que fiz. Isso não significa que estou me achando. É reconhecer o que já fiz, ser grata. Aí comecei a me sentir mais realizada.

AT2: Manter a mesma equipe faz a diferença?
Anitta: Faz, porque de nada adiantaria ir para fora e fazer um trabalho que todo mundo faz. Eu ia ser só mais uma. Além de já me entenderem, traz a identidade brasileira. A gente quer levar minha sonoridade, não imitar pessoas que já existem lá fora.

AT2: Cardi B tem hits desbocados. Se uma brasileira canta músicas assim, é julgada...
Anitta: Às vezes, pra gente provocar mudança, precisa dar um empurrão um pouco mais forte. Por muito tempo, ouvimos homens cantando essas coisas e nada se falava. Se vem uma mulher e faz o mesmo, é diferente. É algo que tento lutar contra.

AT2: Pensa em shows drive-in?
Anitta: Não. Não julgo quem faz, mas não me apetece. Gosto mais do calor das pessoas.

AT2: E a nova temporada de “Vai Anitta”?
Anitta: Vai contar a minha história.


O QUE ELA DIZ


 (Foto: Divulgação/Instagram)
(Foto: Divulgação/Instagram)
“Cardi B amou o pagodão”
O novo hit “Me Gusta” teve o grupo baiano Attooxxa na produção para garantir a mistura de funk e pagode baiano. “São dois ritmos que sofrem muito preconceito, por virem da periferia, e são os que mais tenho vontade de dar voz. Sinto uma conexão muito grande entre Salvador e Rio”.

O ritmo baiano foi aprovado pela rapper americana Cardi B, uma das convidadas da música.

“Expliquei pra Cardi a importância deles. Ela adora funk e amou o pagodão. Todo mundo falou que o atabaque é muito diferente!”.

“Som brasileiro está em todas”
Diferente do “Kisses”, em que Anitta abraçou gêneros musicais que já bombavam no exterior, o novo álbum traz diversos ritmos brasileiros. “O Ryan Tedder (produtor) me pediu para ensinar sobre a cultura brasileira e fiz uma playlist com bossa nova, pagodão, brega, funk, forró... e chegamos nessa fórmula. Não estou cantando em português em nenhuma música, mas o som brasileiro está em todas”, afirmou.

Forró com gringo
“Tem forró pé de serra gravado, com um artista mundialmente famoso. Apresentei o forró para ele, que amou. Íamos gravar o clipe em junho, numa festa junina, com todas as coisas típicas, mas veio a pandemia e não conseguimos. Preferi esperar ano que vem para lançar nesse período, que tem mais a ver. Vai ser surpreendente, está demais!”, adianta.

Próximo clipe
“O próximo clipe será gravado no Rio. Para mim, é um dos mais importantes, culturalmente falando. É minha maior aposta. Agora a gente está trabalhando para conseguir gravar com segurança por conta do coronavírus”, salientou a cantora. A canção em questão deve ser “Girl From Rio”, nome que ela gostaria de dar para o disco.

Entrar no grupo do WhatsApp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna Online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp.


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados