search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

"Qualquer ameaça à democracia deve ser repudiada e banida com veemência”, diz Casagrande
Plenário
Fabiana Tostes

Fabiana Tostes


"Qualquer ameaça à democracia deve ser repudiada e banida com veemência”, diz Casagrande

(Foto: Ademir Ribeiro/Secom)
(Foto: Ademir Ribeiro/Secom)

O governador Renato Casagrande usou o Twitter para se manifestar sobre a exoneração do secretário nacional de Cultura, Roberto Alvim, que, em pronunciamento, citou trecho de um discurso nazista.

“Presidente Bolsonaro agiu com rapidez necessária ao absurdo promovido pelo seu secretário nacional de Cultura, Roberto Alvim. Qualquer ameaça à democracia deve ser repudiada e banida com veemência”, escreveu Casagrande.

Alvim foi exonerado ao parafrasear discurso de Joseph Goebbels, ministro da Cultura e Propaganda do governo de Adolf Hitler. As falas do secretário geraram repúdio na classe política. O presidente da Câmara Federal, Rodrigo Maia; e do Senado, Davi Alcolumbre (que é judeu), pediram a demissão do secretário.


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados