search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

“PSL vai indicar o vice de Gandini”, disse Quintino
Plenário
Fabiana Tostes

Fabiana Tostes


“PSL vai indicar o vice de Gandini”, disse Quintino

O presidente estadual do PSL, Alexandre Quintino, afirmou que o partido vai indicar o vice na chapa do deputado Fabrício Gandini (Cidadania), pré-candidato a prefeito de Vitória.

“Já está certo que vamos indicar o vice de Gandini. Temos dois nomes de peso: o vereador Nathan Medeiros e o presidente do PSL de Vitória, Pablo Alves. Os dois são fortes na região de São Pedro. Pablo era do Avante, veio para o nosso partido e é uma liderança religiosa. É importante que eles sejam dessa região pois vão equilibrar o eleitorado”, disse Quintino.

A definição do nome, porém, ficará para a convenção. Que ainda não foi marcada. “Estamos esperando o Gandini marcar, deve definir na semana que vem”, disse o deputado ao retornar ontem de uma viagem a Brasília, onde se reuniu com a cúpula do partido. Ele enfatizou, porém, que a definição da formação da chapa não veio de cima. “Foi articulação local”.

Silêncio e estratégia
Procurado, o deputado Fabrício Gandini preferiu não se manifestar. O vereador Nathan Medeiros, que foi secretário na Prefeitura de Vitória, era do PSB e mudou para o PSL na intenção de ser vice. Na equação do Cidadania, Gandini puxaria o eleitorado das classes A e B e da região Norte e o vice deve puxar eleitores C, D e E, e da região Sul da capital.

“Que ele seja feliz”
O deputado Alexandre Quintino, que preside o PSL, comentou ontem sobre a decisão judicial que libera o colega Danilo Bahiense a deixar o partido. “Quero que ele siga a vida dele, que seja feliz. Eu segurei o pedido de desfiliação dele porque do jeito que ele fez, perderia o mandato. Eu que disse para ele buscar uma justa causa para não perder o mandato".

Ação no TSE?
O deputado Danilo Bahiense ainda estuda se vai entrar com recurso no TSE para tentar se filiar retroativamente e disputar a Prefeitura de Vila Velha. “Estou conversando com meus advogados se entro com recurso para me filiar e ser candidato”, disse Bahiense. O TRE autorizou o deputado a deixar o PSL, mas não a se filiar retroativamente. Bahiense também não definiu para qual partido irá. “Um monte de gente me chamou, vou definir ainda”.

O novo normal

 (Foto: Genildo/AT)
(Foto: Genildo/AT)

E no 1º dia de retorno das sessões presenciais, os vereadores de Vitória deram um show de máscara no queixo, sem máscara para falar ao microfone, aglomeração e conversa ao pé do ouvido. Neuzinha reclamou de ter sido colocada no fundo e Luiz Paulo Amorim, de casa, mal conseguiu participar.

Afago em Lamas e mistério de Amaro
O deputado Bruno Lamas estava ontem com um sorriso de orelha a orelha depois que o prefeito da Serra, Audifax Barcelos – de quem busca apoio para a pré-candidatura à Prefeitura – rasgou elogios a ele, durante anúncio de obras na rodovia ES-010. Audifax tem seu candidato à sucessão, mas também já andou conversando com outras lideranças, entre elas, Amaro Neto. O deputado-comunicador anda calado e até agora não definiu se será candidato.

Aposta contrária
No mercado político da Serra, porém, a leitura é que o deputado Amaro Neto não será candidato.

Só na alfinetada!
O presidente da Câmara de Vitória, Cleber Felix, chamou a atenção ontem de Denninho Silva por ele estar se aglomerando na sessão. “Não consigo ficar parado”, ele rebateu. “Se vereador não consegue respeitar distanciamento, imagina criança em sala de aula”, disse Leonil Dias, que é contra o retorno das aulas agora.

De volta à política
O ex-vereador Benigno Maioli, que já foi presidente da Câmara de Guarapari, tentará retornar ao Legislativo neste ano, pelo Podemos. Maioli foi vereador de 1998 a 2012.

Vizinhos é que pagam!
Movimentos de Direita planejam uma manifestação, no domingo, na porta do prédio onde mora o senador Fabiano Contarato. Alegam insatisfação com a atuação do senador. Quem coordena é o Agente Gilvan (Patriota), que deve ser candidato a vereador.

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora
esqueceu a senha?

Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados