search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

PSB de Vitória define pré-candidato
Plenário
Fabiana Tostes

Fabiana Tostes


PSB de Vitória define pré-candidato

O PSB, que ontem fez um encontro estadual na Serra, faz amanhã consulta prévia entre os pré-candidatos do partido que querem disputar a Prefeitura de Vitória.

Dois estão inscritos: o deputado Sergio Majeski e o vice-prefeito de Vitória, Sergio Sá. Os dois passarão pelo crivo do diretório – formado por 15 socialistas – que, após ouvir cada um por 20 minutos, vai escolher um deles em eleição aberta.

Embora o estatuto do partido dite que a convenção é o espaço para a definição da candidatura, em documento enviado ao deputado Majeski na última sexta-feira, o PSB afirma que o escolhido nas prévias vai receber apoio na convenção.

O governador Renato Casagrande também já sinalizou nesse sentido, ao afirmar que é a favor que o partido libere o candidato que perder nas prévias para que se filie em outra legenda onde possa disputar. Pelo tempo que tem no partido e pelo fato da consulta prévia ser aberta, Sérgio Sá sai na frente.

MP está de olho...
Se não vencer nas prévias e não obtiver apoio para participar da convenção, o deputado estadual Sergio Majeski ficará numa situação delicada. Ainda que o PSB o libere para se filiar em outra legenda e disputar, nada impede que o suplente ou o Ministério Público entrem com ação para requerer o mandato do parlamentar por infidelidade partidária.

"Omisso será castigado”
O governador Renato Casagrande discursou ontem no encontro do PSB e desafiou os que têm “visão equilibrada” a não se omitirem do debate.

Disse que em 2022 o partido será uma opção contra os “dois polos de extremos” e que ninguém vai vencer a eleição se não se posicionar agora. “Ninguém ficará impune na omissão, quem for omisso será castigado”.

Condenado por furtar R$ 29
O ministro do STF Gilmar Mendes absolveu um homem condenado a 1 ano e 9 meses de prisão por furtar um refrigerante, duas cervejas, uma cachaça e R$ 4,15 em moedas – o valor total do furto foi de R$ 29,15. A Defensoria recorreu às condenações de 1ª e 2ª instâncias, pelo princípio da insignificância. O produto do furto foi devolvido à vítima.

Majeski não vai e Sérgio Sá leva claque
Duas ausências notáveis no encontro do PSB, ontem, foram o deputado Sergio Majeski e o vereador Cabo Porto. Já o vice-prefeito de Vitória Sérgio Sá foi e levou seus aliados. No evento foi lançado o presidente da Câmara de Viana, Fabio Dias, que vai deixar o PT para disputar a prefeitura. O partido também confirmou Bruno Lamas na Serra, Saulo Andreon em Cariacica e Ted Conti em Vila Velha.

Tem eleição ou não tem eleição no MDB?
Após diversas reviravoltas – com edital de cancelamento e decisão judicial ontem à noite –, os ex-deputados Marcelino Fraga e Lelo Coimbra devem se enfrentar hoje na convenção do MDB-ES em clima tenso, que deve contar até com a presença de um oficial de Justiça para acompanhar a eleição. Em jogo, as benesses do maior partido do Estado. Quem vê as brigas de Marcelino e Lelo nem imagina que um dia já foram amigos. Foi Marcelino quem filiou Lelo no MDB, em 2006.

Galeria

Mais delegados na área
Os municípios de São Mateus, Guaçuí, Bom Jesus do Norte, São José do Calçado, Santa Leopoldina e Águia Branca – que estavam sem registro – participam da convenção do MDB.
atenção redobrada

O governador Renato Casagrande pediu atenção redobrada, após os ataques em Vitória, para evitar o compartilhamento de fake news, que têm transbordado desde o episódio das enchentes no Sul do Estado.

Atenção redobrada II
Outra coisa que tem transbordado são os oportunistas de plantão querendo tirar proveito político do caos.

CPMI das fake news
Mentir em CPI, ainda que seja testemunha, é punível com prisão de dois a quatro anos, segundo informou o advogado Rivelino Amaral, especialista em Processo Penal.

Dez, nota dez!
Para a alegria no Sambão do Povo!

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora
esqueceu a senha?

Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados