search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

“Provas” no inquérito de Moraes são nulas, alega MP
Cláudio Humberto
Cláudio Humberto

Cláudio Humberto


“Provas” no inquérito de Moraes são nulas, alega MP

São imprestáveis as eventuais provas recolhidas pela Polícia Federal na operação de ontem contra críticas, fake news e ameaças a ministros do Supremo Tribunal Federal (STF).

A advertência é de Bruno Calabrich, procurador da República, cujo entendimento é compartilhado por colegas como Raquel Dodge, ex-procuradora-geral da República que, ainda no cargo, comparou o STF a um “tribunal de exceção”, próprio de regimes totalitários: a acusação é privativa do Ministério Público.

Vítima não investiga
Além disso, Calabrich lembra que, como “vítima” dos supostos ataques e ameaças, o STF está impedido de investigar tais crimes.

MP ignora as “provas”
Acusações no inquérito de Alexandre de Moraes estão indo direto para a lata do lixo do Ministério Público, que considera as provas ilegais.

Criminosos favorecidos
Calabrich (foto) lamenta que, com “provas” imprestáveis, o inquérito de Moraes favoreça aqueles que eventualmente tenham cometido ilegalidades.

Entendimento ignorado
A PGR arquivou o inquérito em 2019, e o entendimento do STF é que não há o que fazer, segundo lembra o procurador Bruno Calabrich.

Para 50%, Planalto e Congresso trabalham mal
Levantamento exclusivo do instituto Orbis para o site Diário do Poder e esta coluna revela que a população está insatisfeita com a atuação das autoridades da República. A avaliação do governo Jair Bolsonaro é “ruim ou péssima” para 52%, enquanto 50,7% classificam o Congresso da mesma forma. A avaliação do governo é “bom ou ótimo” para 29,8% e regular para 15%. Já o Congresso é bom ou ótimo para 5,8%.

Governadores em alta
A administração estadual tem a melhor avaliação entre as esferas de governo: 30,3% (bom ou ótimo) contra 29,3% (ruim ou péssimo).

Regular ganha
O desempenho do Poder Legislativo é “regular” para 37,9% dos entrevistados. Já governos estaduais são “regulares” para 38,8%.

Homens e mulheres
Homens estão mais seguros na manutenção do emprego. Para 33,7% deles é grande a chance de ficar empregado. Para elas, são 25,2%.

Assim é, se lhe parece
Pesquisa Datafolha de ontem diz que 60% defendem lockdown, mas o jornalão que a divulga não mancheteou que 65% preferem “acabar com isolamento das pessoas em casa para estimular a economia e impedir o desemprego, mesmo que ajude a espalhar o coronavírus”.

Direito de crítica
O ministro da Justiça fez o que o presidente Bolsonaro sempre cobrou de Sergio Moro: em nota, utilizando-se de argumentos jurídicos, André Mendonça considerou a operação um “atentado contra a democracia”.

Prendo e arrebento
Com inquérito considerado ilegal pelo Ministério Público Federal e suas provas “imprestáveis”, até com prisão de comediante, Alexandre de Moraes faz pose de delegado mandachuva das antigas, no interior.

Falta combinar com a lei
O inquérito inventado pelo STF à margem da lei tem outro problema central, segundo especialistas: investiga o “crime de fake news” que ainda não está previsto no Código Penal Brasileiro.

Faltou mentiroso na lista
Somados, são 2,2 milhões os seguidores dos perfis que viraram alvos de Alexandre de Moraes, na operação policial de ontem. Dilma “Estoca Vento” Rousseff tem 6,3 milhões, Luiz “Eu não Sabia” Inácio, 1,8 milhão.

Murilo fará falta
A morte do jornalista Murilo Melo Filho deixa uma lacuna impreenchível no jornalismo político brasileiro. Gentil no trato e refinado no texto, ele tinha um talento inigualável para conquistar fontes e dar “furos”.

Economia pós-UTI
O resultado no mercado com anúncio da reabertura gradual do comércio em São Paulo, maior economia do País, foi bombástico. A Bolsa disparou 2,9%, chegando a 88 mil pontos e o dólar despencou 1,44%, cotado a R$ 5,28.

Emprego pós-pandemia
O secretário da Previdência e Trabalho, Bruno Bianco (foto), participa hoje, às 11h, de “live” com o deputado Laércio Oliveira, presidente da Frente Parlamentar do Setor de Serviços, de 15 milhões de empregos.

Pensando bem...
... acusar humoristas de fake news é o fim da piada.

Poder sem pudor

Quem canta não mama

Poucos dias depois da posse na Presidência da República, Jânio Quadros recebeu em audiência os integrantes de um coral. Eles queriam ajuda do governo nas despesas de uma excursão pela Europa.

Jânio descartou: “Não estamos conseguindo ajudar os que choram, quanto mais os que cantam!...”

Colaboram: André Brito e Tiago Vasconcelos

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora
esqueceu a senha?

últimas dessa coluna


Exclusivo
Cláudio Humberto

Wi-fi no avião presidencial custará R$ 2,3 milhões

O presidente da República, Jair Bolsonaro, que é “fissurado” em redes sociais, será o principal usuário dos serviços de In-Flight Connectivity (IFC) ao custo de R$ 2,3 milhões anuais para garantir …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Bolsonaro faz o que pregava: toma cloroquina

Diante dos primeiros sinais de que poderia ter contraído coronavírus, ontem, o presidente Jair Bolsonaro passou a tomar imediatamente o remédio cloroquina, como sempre defendeu. Ele iniciou a …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Aneel usa Covid e o dólar para ajudar “parceiras”

A crise se agrava, mas a agência “reguladora” de energia elétrica Aneel continua agindo como parceira de empresas e distribuidoras, em vez de regular em benefício do consumidor que a sustenta. …


Exclusivo
Cláudio Humberto

“Jair do B” reduz a fervura e até isola olavistas

É mais importante do que parece a mudança de Jair Bolsonaro, evitando crises ou fazer declarações ásperas “na grade”. Seus posts nas redes sociais ganharam redator profissional e textos sóbrios. Pode …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Exame da “ficha” adiou anúncio de ministro para segunda

O presidente Jair Bolsonaro convidou Renato Feder por telefone, ontem, para assumir o Ministério da Educação. O convite foi aceito. Mas ele foi avisado de que seu nome passaria por “pente-fino”, como …


Exclusivo
Cláudio Humberto

STF mantém “espada de Dâmocles” sobre Bolsonaro

Se Jair Bolsonaro mudou seu comportamento beligerante, trocando seu “presidencialismo de colisão” pelo estilo “paz e amor”, ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), que se revezavam nos insultos …


Exclusivo
Cláudio Humberto

ANP adia venda direta para atender atravessadores

O presidente Jair Bolsonaro até comemorou, com um post, a publicação da resolução do Conselho Nacional de Política Energética (CNPE), ontem, autorizando a venda direta de etanol aos postos, sem …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Argentino que “detonou” Decotelli homenageou Lula

Em 21 de maio, um mês antes de o ex-ministro da Educação Carlos Decotelli ter sido desmoralizado com sua afirmação de que ele não concluiu curso de doutorado na instituição, o reitor da Universidade …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Decotelli “balança” e doutores fazem fila no MEC

O vexame curricular de Carlos Decotelli abriu nova disputa pelo cargo de ministro da Educação, e doutores com graduação de fato comprovada são enfileirados para assumir o cargo. Filhos do presidente …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Ecad manobra para faturar em dobro com “lives”

O sucesso das “lives” durante esse período de pandemia e isolamento fez crescer o olho do Ecad, responsável por coletar pagamentos por uso de músicas no País. A malandragem foi admitida pela …


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados