Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Vitória e Linhares registram a madrugada mais fria do ano

| 03/08/2021 11:10 h | Atualizado em 03/08/2021, 11:31

As cidades de Vitória, na Região Metropolitana, e Linhares, no Norte do Estado, registraram - nesta terça-feira (03) - a madrugada mais fria do ano. A capital registrou 13,3ºC, sendo 1,6ºC menor que a temperatura registrada em 25 de junho.

Já no caso de Linhares a temperatura de 14,8ºC desta terça é 0,2ºC menor que a registrada no dia 31 de julho, até então madrugada mais fria do ano.

As medições foram realizadas pela Coordenadoria de Meteorologia do Incaper e o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet).

Segundo o Incaper, "a queda das temperaturas foi ocasionada pela presença do ar frio e seco presente no Estado. Além disso, a redução da nebulosidade contribuiu para a forte perda de calor no período noturno, o que o que manteve as temperaturas amenas".

Ainda segundo o instituto, já nesta quarta-feira (04), uma nova frente fria deve trazer chuva e derrubar ainda mais a temperatura no Estado. "Atenção para os índices de umidade relativa do ar, que devem ficar abaixo dos 30% em trechos das regiões Noroeste e Sul. Os ventos perdem força e a temperatura diurna se eleva em todas as regiões", diz o Incaper.


SAIBA MAIS Outras temperaturas registradas nesta terça-feira


  • Alfredo Chaves (Inmet): 12,8 °C
  • Pacotuba, Cachoeiro de Itapemirim (Incaper): 11,0 °C
  • Aracê, Domingos Martins (Incaper): 7,8 °C
  • Iúna (Incaper): 7,1 °C
  • Linhares (Inmet): 14,8 °C
  • Pinheiros (Incaper): 14,5 °C
  • Presidente Kennedy (Inmet): 14,4 °C
  • Santa Teresa (Inmet): 10,5 °C
  • São Mateus (Inmet): 14,0 °C
  • Venda Nova do Imigrante (Inmet): 7,4 °C
  • Vitória (Inmet): 13,3 °C
  • Vila Velha (Inmet): 14,2 °C

Fonte: Incaper

Ficamos felizes em tê-lo como nosso leitor! Assine para continuar aproveitando nossos conteúdos exclusivos: Assinar Já é assinante? Acesse para fazer login

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

MATÉRIAS RELACIONADAS