X

Olá! Você atingiu o número máximo de leituras de nossas matérias especiais.

Para ganhar 90 dias de acesso gratuito para ler nosso conteúdo premium, basta preencher os campos abaixo.

Já possui conta?

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo

Tempo e Temperatura

Inmet emite alerta de temporais para quase todos os Estados

Nenhuma região recebeu o aviso de "grande perigo", que é sinalizado em vermelho pelo Inmet


O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu nesta segunda-feira, 18, alerta de fortes chuvas e temporais para a maioria dos Estados do Brasil, com avisos de potencial perigo (amarelo) e perigo (laranja) que abrangem quase todo o território do País.

Com exceção de Acre, Alagoas, Bahia e Sergipe, todos os demais Estados e o Distrito Federal estão sob os dois tipos de avisos, que valem também para esta terça-feira, 19. Nenhuma região recebeu o aviso de "grande perigo", que é sinalizado em vermelho pelo Inmet.

Nesta reta final de verão, o Brasil vive os efeitos de uma onda de calor, que começou na semana passada e elevou as temperaturas em diferentes regiões do País nos últimos dias. O outono começa na quarta-feira, 20.

Os pontos de maior atenção para o perigo de temporais se concentram no Norte, sobretudo Amapá, Pará e leste do Amazonas; no Nordeste, em Estados como Maranhão, Piauí, Ceará e Tocantins; e na região oeste de Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, no Sul do País.

"Na região Sul, as pancadas de chuva podem ser potencialmente fortes, acompanhadas por raios e rajadas de vento. E nas regiões Norte e Nordeste, a proximidade da Zona de Convergência Intertropical ainda traz bastante chuva para essas áreas e também com rajadas de vento", afirmou a meteorologista do Inmet, Dayse Moraes, nas redes sociais do instituto.

No Sudeste, a previsão para esta semana é de maior concentração de chuvas no Rio de Janeiro, Vale do Paraíba e litoral norte de São Paulo, além de Zona da Mata e parte sul de Minas Gerais.

"Pontualmente pode ser registrada chuva mais intensa, acompanhada de rajadas de vento e trovoadas e, por isso, faz-se necessário o acompanhamento diário da previsão de tempo e dos avisos meteorológicos de tempo severo do Inmet", informa o órgão.

Estados com alerta de perigo: Amapá, Amazonas, Ceará, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará, Paraná, Piauí, Rio Grande do Sul, Rondônia, Santa Catarina e Tocantins.

Estados com alerta de perigo potencial: Amapá, Amazonas, Ceará, Distrito Federal, Espírito Santo, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraná, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Rondônia, Roraima, São Paulo, Santa Catarina e Tocantins

Qual a previsão para a cidade de São Paulo?

O Centro de Gerenciamento de Emergências Climáticas, órgão vinculado à Prefeitura de São Paulo, aponta que nesta terça-feira a capital paulista poderá ser atingida com áreas de instabilidade que podem provocar pancadas de chuva de moderada a forte intensidade entre a tarde e o início da noite, com potencial para a formação de alagamento

O forte calor que se faz presente nestes últimos dias de verão ainda será sentido "com temperatura bem acima da média", afirmou o CGE.

O cenário deve ter uma mudança a partir de quinta-feira, 21, com a chegada de uma frente fria que pode por fim à onda de calor e derrubar as temperaturas na cidade, "Será o primeiro sistema frontal do outono, que começa às 00h06 do dia 20 de março", afirmou o órgão.

MATÉRIAS RELACIONADAS:

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Leia os termos de uso

SUGERIMOS PARA VOCÊ: