Login

Atualize seus dados

Tempo e Temperatura

Chuva de granizo destrói plantações e assusta moradores no Estado

07/10/2021 17:39:08 min. de leitura

Imagem ilustrativa da imagem Chuva de granizo destrói plantações e assusta moradores no Estado
Folhas de alface foram furadas pelas pedras de gelo Foto: Rafaela Braun
A chuva de granizo destruiu plantações e assustou moradores de cidades da região Serrana do Estado, na tarde desta quinta-feira (7). O Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper) havia alertado para a possibilidade do fenômeno em municípios capixabas em aviso meteorológico especial na manhã desta quinta. 

Nessas cidades apontadas pelo instituto, eram grandes as chances de ocorrência de danos a propriedades, a vegetação, a vida de pessoas e animais em razão das fortes chuvas, acompanhadas de trovões, rajadas de vento e granizo.

O alerta se confirmou durante a tarde, quando a chuva de granizo foi registrada em cidades da região Serrana. A agricultora Rafaela Braun, de 28 anos, é moradora da localidade de Melgacinho, na divisa de Domingos Martins com Santa Maria de Jetibá. 

De acordo com ela, por volta das 16h30, caiu a chuva de granizo no local e durou cerca de 10 minutos. O tempo foi suficiente para trazer prejuízo aos agricultores da região. No caso de Rafaela, a plantação de hortaliças foi devastada pelas pedras de gelo. 

"Toda a plantação [perdida]. O alface novo, só os bem novinhos mesmo, que vão se recuperar. A maioria não se recupera mais, porque queima e fica preto", lamentou ela.

Rafaela relata que vizinhos tiveram perdas na plantação de tomates. 



"A chuva começou com leves trovoadas, com poucos raios. Uma grande quantidade de chuva de granizo caiu de repente. Nada apresentava que fosse chover tanto granizo. Espera chuva mesmo, porque em Domingos Martins [centro] já estava chovendo, mas não granizo. Choveu bastante foi bem assustador", revelou a agricultora.

Imagem ilustrativa da imagem Chuva de granizo destrói plantações e assusta moradores no Estado
Moradora segura pedras de gelo Foto: Rafaela Braun

Para ela, ainda havia a preocupação com a filha, de 7 anos, que estava saindo da escola na hora que a chuva de granizo começou. "Foi uma correria para mim, porque era o horário da minha filha voltar da escola e fiquei pensando se o transporte chegaria ou não", contou.

E prosseguiu: "O pessoal do transporte é bem competente. Eles aguardaram com as crianças na escola e saíram de lá quando a chuva de granizo parou". 

Também houve relatos de queda de granizo em Santa Leopoldina (vídeo abaixo), Santa Maria de Jetibá e Santa Teresa.



Mais de 60 cidades do Estado estão em alerta para tempestade, ventos de até 100 km/h e chuvas intensas. 

Imagem ilustrativa da imagem Chuva de granizo destrói plantações e assusta moradores no Estado
Pedras de gelo Foto: Rafaela Braun