search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Preso suspeito de participar de tiroteio que matou Alice

Notícias

Publicidade | Anuncie

Polícia

Preso suspeito de participar de tiroteio que matou Alice


Uma operação das polícias Civil e Militar prendeu 39 suspeitos no Estado, durante esta quarta-feira (8). Segundo a polícia entre os presos está um dos alvos do tiroteio que matou a pequana Alice da Silva Almeida, de 3 anos.

Alice tinha 3 anos  (Foto: Reprodução Facebook)
Alice tinha 3 anos (Foto: Reprodução Facebook)
A menina foi assassinada com dois tiros, no dia 9 de fevereiro deste ano, enquanto brincava no quintal de casa, no bairro Dom João Batista, em Vila Velha.

Segundo o chefe do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), delegado Romualdo Gianordoli,  o suspeito é de alta periculosidade e pertence a uma das facções de médio porte que brigam pelo controle territorial do bairro Dom João Batista, que é um dos que tiveram mais homicídios durante esse ano da Grande Vitória.

"Ele cometeu um duplo homícídio no dia 24 de dezembro do ano passado contra dois indivíduos da facção rival. Em retaliação, a facção no dia 9 de fevereiro deste ano, também tentou matá-lo e, nessa situação, acabaram baleando a pequena Alice", disse o delegado.

O crime

Segundo a polícia, um adolescente, de 17 anos, além do suspeito preso, um adolescente, de 17 anos, também era alvo dos disparos. 

Ele estaria sendo perseguido por bandidos em um carro branco. Para não ser morto, ele invadiu a casa da menina para se proteger, por volta das 20h30 de domingo. 

De acordo com as informações da um dos três criminosos que estavam no carro desceu do veículo e atirou contra o adolescente. Ele levou um tiro de raspão na perna, mas a criança, que ficou no meio do tiroteio, foi atingida por um disparo na perna e outro no tórax. 

Alice chegou a ser socorrida e foi levada para o Pronto Atendimento da Glória, mas não resistiu.


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados