search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Prefeitura estuda impacto de prédio mais alto de Vitória

Notícias

Cidades

Prefeitura estuda impacto de prédio mais alto de Vitória


Local onde será construído o prédio (Foto: Kadidja Fernandes)
Local onde será construído o prédio (Foto: Kadidja Fernandes)

A construção do maior prédio de Vitória ainda nem começou, mas já está causando polêmica. Tudo porque o empreendimento de 43 andares (135 metros de altura) será instalado na Enseada do Suá, um dos locais mais congestionados da capital, e mesmo assim não prevê mudanças no trânsito para que a situação não piore ainda mais.

Diante disso, a Prefeitura de Vitória vai analisar o estudo apresentado pela construtora para determinar se as alterações viárias serão ou não necessárias. A discussão também vai passar pelo Conselho do Plano Diretor Urbano, formado por representantes dos moradores.

Com 1.018 vagas de estacionamento, o prédio terá 500 apartamentos e 46 lojas em seus 43 andares, superando o edifício Aqva – que tem 105 metros de altura e é o maior da capital e do Estado.
Ocupando uma área de 45 mil metros quadrados, o terreno onde o prédio será construído fica na avenida Nossa Senhora dos Navegantes, em frente à Capitania dos Portos, onde funcionava o antigo escritório do Banco do Brasil.

Durante a audiência pública para apresentar o estudo de impacto de vizinhança, na noite de ontem, a empresa responsável pelo levantamento afirmou que alterações nas vias não serão necessárias.

“O empreendimento, sozinho, não causa impacto suficiente para piorar o tráfego. Teremos um volume de veículos acrescido, o que requer apenas algumas adequações de sinalização (placas e pinturas)”, afirmou o arquiteto e urbanista Pedro Henrique Negreiros, que coordenou o estudo.

A informação surpreendeu os moradores na audiência. Alterações no trânsito, como o alargamento de algumas ruas, chegaram a ser sugeridas.

O secretário de Desenvolvimento da Cidade de Vitória, Márcio Passos, disse que a equipe técnica da prefeitura vai analisar o estudo e sugerir mudanças, caso seja preciso.
“As medidas mitigadoras (para evitar problemas) ainda serão estudadas. Se a prefeitura fizer qualquer diagnóstico de necessidade de mudança de vias, ele será indicado para acertar o entorno”, disse.

Essas mudanças serão feitas pela construtora responsável pelo empreendimento, como contrapartida financeira. Ainda não há prazo para o fim das análises e início das obras.

Saiba mais

O empreendimento

O prédio, que ainda não tem nome, será construído na avenida Nossa Senhora dos Navegantes, em frente à Capitania dos Portos e o Hortomercado, em terreno onde funcionava o antigo escritório do Banco do Brasil. O edifício terá cerca de 135 metros de altura, 43 andares, 500 apartamentos e 1.018 vagas de estacionamento. No térreo, serão instaladas 46 lojas.

Trânsito

O estudo de impacto de vizinhança contratado pela empresa responsável pelo empreendimento apontou que não há necessidade de mudanças nas vias ao entorno.
Segundo o estudo, o empreendimento não causa impacto suficiente para piorar o tráfego.
O aumento do volume de veículos é reconhecido, no entanto, o que requer algumas adequações de sinalização (placas e pinturas). A Prefeitura de Vitória e o Conselho do PDU ainda vão analisar o estudo.

Maior prédio de Vitória

Com cerca de 135 metros de altura, o prédio será o maior de Vitória.
Atualmente, os maiores são:
1º: Edifício Aqva (Enseada do Suá) - 105 metros.
2º: Residencial Gran Park (Enseada do Suá) - 99 metros.
3º: Summer Hill (Santa Helena) - 93 metros.
4º: Sheraton (Praia do Canto) - 90 metros.
5º: Everest Residence (Bento Ferreira) - 87 metros.

Fonte: Nós Arquitetura e Engenharia e pesquisa AT.


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados