search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Postos podem ficar sem gasolina, diz agência

Notícias

Economia

Postos podem ficar sem gasolina, diz agência


Frentista abastece carro:  petroleiros em greve desde 1º de fevereiro (Foto: Thiago Coutinho - 16/03/2017)
Frentista abastece carro: petroleiros em greve desde 1º de fevereiro (Foto: Thiago Coutinho - 16/03/2017)

Em ofício enviado ao Tribunal Superior do Trabalho (TST), o presidente da Agência Nacional do Petróleo (ANP), Décio Oddone, alertou para um possível desabastecimento de combustíveis no Brasil, caso a greve dos petroleiros – que teve início em 1º de fevereiro – persista por mais tempo. A informação foi obtida pela agência Reuters.

No documento, a qual a agência teve acesso, Oddone disse que, embora a Petrobras, visando uma solução temporária, tenha alocado equipes de contingência para atuar nas unidades operacionais, assegurando a operação e a segurança, “a situação foge da normalidade”.

O coordenador do Sindicato dos Petroleiros do Estado (Sindipetro-ES), Valnisio Hoffmann, estima que, se a greve continuar, em duas semanas, podem faltar gasolina, gás de cozinha e diesel no Estado.

“Podem (faltar), porque, com a redução da produção nas refinarias, até você importar, até o navio sair, para chegar aqui, demanda muito tempo. Na próxima semana ou na outra, se a greve continuar, pode faltar combustível, sim.”

O Sindipostos-ES informou, em nota, que toda logística e abastecimento estão com funcionamento normal, e que não há previsão de impactos em curto prazo.


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados